Publicidade

Estado de Minas

Preço do leite dispara nos supermercados

Produto fica mais de 14% mais caro e variação entre estabelecimentos chega a 46%


postado em 09/04/2018 16:19

Leite integral foi o produto que mais subiu se comparados os meses de março e abril(foto: Beto Magalhães/EM/D.A Press)
Leite integral foi o produto que mais subiu se comparados os meses de março e abril (foto: Beto Magalhães/EM/D.A Press)

O preço do leite disparou nos supermercados na primeira semana de abril. O produto registrou aumento de 14% a 21%, na comparação com o mês anterior. A embalagem de 1 litro de leite integral chega a custar até R$ 2,89, de acordo com o site de pesquisas Mercado Mineiro.


O site fez um levantamento de 1.206 produtos em 11 supermercados da região metropolitana de Belo Horizonte, entre 3 e 6 de abril. A maior variação encontrada entre março e abril foi no preço do leite.

O leite integral Camponesa 1L, que custava R$2,14, subiu para R$2,60, um aumento de 21%. O mesmo produto da marca Cotoches, que custava em 2,12, subiu para R$2,42, um aumento de 14%. O leite integral Itambé, que custava R$2,22, subiu para R$ 2,68, um aumento de 20%.

O melhor é pesquisar bem antes de comprar, já que há variação entre os supermercados. O leite integral Cotoches, por exemplo, pode custar de R$ 1,98 a R$ 2,89, uma variação de 46%.

 Vários produtos ficaram mais baratos pelo preço médio, em relação ao mês passado. O açúcar segue em queda. O pacote de 5kg da marca Delta, por exemplo, caiu de R$ 9,02 para R$ 8,02.

O preço médio do açúcar refinado União, de 1kg, caiu de R$ 3,88 para R$ 3,41, queda de 12%. O pacote de 1kg do feijão carioca Pink caiu de, em média, R$ 4,53, para R$3,76, menos 17%.

O feijão preto da mesma marca, que custava em média R$5,29, caiu para R$4,77, uma queda 9,83%. O preço do café também diminuiu e o café Caboclo, de 500 gramas, reduziu 8,29%, passando de R$10,49 para R$9,62.


Publicidade