Publicidade

Estado de Minas

Estúdio de Pilates em BH abre espaço pet para receber cachorros de alunos

O local é amplo e funciona como uma espécie de berçário, com direito a cama e brinquedos para entreter os bichinhos


postado em 20/02/2017 09:49 / atualizado em 20/02/2017 10:15

Os cachorros podem frequentar as aulas de pilates com seus tutores(foto: Januária Vargas / Divulgação / Studioliv)
Os cachorros podem frequentar as aulas de pilates com seus tutores (foto: Januária Vargas / Divulgação / Studioliv)

De olho em um segmento crescente no Brasil e que chega aos poucos em Belo Horizonte, o dos espaços pet friendly, uma clínica de pilates no bairro Floresta, Região Leste da capital, resolveu inovar. O local, voltado para a prática de exercícios físicos, passou a aceitar que os animais de estimação venham acompanhando seus alunos e não se limitou a isso: criou uma espécie de “berçário” para os bichinhos.

A área com 16 metros quadrados é cercada, tem potinhos de água, vários brinquedos, ossinhos, bolinhas, uma caminha, e uma pequena cobertura, que segundo a proprietária, a fisioterapeuta Lívia Godoi Costa, será ampliada para todo o espaço.
 
O estúdio inaugurou neste domingo (19) o Espaço Pet, que já foi testado por alguns dos filhotes das alunas. “Comecei a perceber que era uma necessidade de algumas alunas, que vinham me perguntar e falar que o espaço que tenho aqui seria ótimo para os pets. Já tive caso de aluno faltar porque não tinha com quem deixar o cachorro”, explica a professora e proprietária do estúdio.

O espaço tem brinquedos e água à disposição(foto: Januária Vargas / Divulgação / Studioliv)
O espaço tem brinquedos e água à disposição (foto: Januária Vargas / Divulgação / Studioliv)
Lívia adaptou a parte externa da casa, que tem uma janela com vista para a sala de pilates.

A psicóloga e servidora pública Alcione Adriana Teixeira, 47 anos, que pratica pilates há seis anos, aprovou a ideia e agora exercício levando sua vira-lata Pretinha a tira colo. “Levo minha filha para a escola e venho fazer o exercício. Antes tinha que deixar a Pretinha em casa, mas agora posso trazer. É bem prático e legal”, diz.

A enfermeira Raquel Cabral, 35 anos, – que está grávida e voltou a fazer pilates especialmente por causa do período de gestação – também achou ótimo. Vai poder levar a poodle Jolie, que não desgruda da tutora, e agora terá mais uma oportunidade para passear. “A gente trabalha e tem pouco tempo para passear e dar atenção, então, é mais uma oportunidade. Agora estou indo para o pilates e ela vem junto”, diz.

Por enquanto, já são 11 “filhos” de 10 clientes frequentando o “berçário” pet. Mas Lívia Godoi garante que não há confusão, já que as aulas são para no máximo três alunos por vez.

A festa de inauguração reuniu 15 cachorros e teve direito a buffet canino com cupkakes, kibe e bolo, tudo feito com comida natural voltada para a alimentação pet.

receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade