Publicidade

Estado de Minas MERCADO PET

Universo pet: buscas sobre saúde animal crescem 900% só neste ano

Termos "Plano de saúde", "Samu Pet" e suplemento alimentar são os mais buscados


18/11/2021 15:09 - atualizado 18/11/2021 16:12

Animais de estimação
O Brasil ocupa o terceiro lugar no ranking internacional em relação aos maiores mercados para produtos pet (foto: Reprodução/Pixabay)
Cerca de 23% dos tutores de pets adquiriram seus animais durante a pandemia de COVID-19. Nos últimos anos, as pessoas têm buscado cada vez mais assuntos que envolvem o mundo animal, e os termos mais procurados estão associados à preocupação com a saúde dos pets. 

Em 2019 e 2020, percebeu-se um crescimento no interesse por temáticas relacionadas ao acolhimento e segurança de animais domésticos, como adoção, abrigo para animais, resgate e seguro para animais de estimação. Já 2021 tem sido marcado pelas buscas relacionadas à saúde animal. O levantamento foi realizado pela agência SA365.

Entre as temáticas de saúde animal em alta entre 2020 e 2021, se destacam: “Plano de Saúde”, com aumento de 130%;  “Carrapato” com aumento de 70%; “Samu Pet”, que teve aumento de 650% nas buscas; e um suplemento alimentar à base de Condroitina A, Glucosamina, Vitamina C e Zinco, que aumentou 900% nas buscas on-line.  
 
O aumento na procura por itens do mercado pet segue em constante aumento desde 2020, quando registraram o maior volume nos últimos cinco anos.  De acordo com a Associação Brasileira da Indústria de Produtos para Animais de Estimação (Abinpet), o Brasil ocupa o terceiro lugar no ranking internacional em relação aos maiores mercados para produtos pet, ficando atrás apenas dos Estados Unidos e China. “Em 2020, o mercado pet brasileiro faturou R$ 40,8 bilhões”, informa a entidade.

Alimentação e saúde dos pets

 
Entre as tendências analisadas na área de saúde animal, a pesquisa destaca que a alimentação natural para pets está se tornando uma das maiores preocupações dos tutores. Buscas relacionadas a suplementos alimentares animais apresentam alta de 900% em 2020 e 2021, e o interesse em nutrição animal vegetariana e vegana também endossam a tendência.
 
Rodrigo Furtado, um dos fundadores e CMO da Petiko, empresa voltada para o mercado dos pets, explica que os tutores tem buscado alimentos mais naturais.
 
“Entre os petiscos, eles buscam aqueles com conservantes naturais, que são mais saudáveis para os pets e ricos em vitaminas e minerais. Pensando na saúde e bem-estar dos pets, a Petiko possui, por exemplo, a Trilha de Experiência Vegetarianos no clube de assinaturas para cachorros com restrição à proteína animal.”
 
Os produtos de higiene estão sendo bastante demandados, de acordo com o fundador da Petiko. “Produtos como Limpa Patinhas e Banho a Seco, que mantém a limpeza dos pets e evita contaminações por vírus, fungos e bactérias vem sendo bastante procurados”, afirma Rodrigo Furtado.
 

Compras on-line

 

Uma nova prática vem sendo adotada pelos tutores de animais domésticos. A praticidade das compras online contemplaram o mercado pet, e o pedido de comida dos animais por delivery vem aumentando.

 

Além disso, segundo a Comissão de Animais de Companhia (Comac), 74% dos brasileiros tutores de animais domésticos realizaram mais compras online dentro do segmento pet em 2020. Entre os entrevistados, 90% afirmaram que esse hábito deve continuar no pós-pandemia.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade