Publicidade

Estado de Minas ALIMENTAÇÃO

Estácio lança e-book de educação alimentar para escolas públicas e privadas

O e-book, Para Brincar e Comer, é gratuito e apresenta de forma divertida e lúdica as propriedades e benefícios dos alimentos


04/05/2021 15:00 - atualizado 04/05/2021 15:06

O e-book da Estácio tem 28 páginas e ensina receitas, que os pequenos podem fazer junto com os adultos(foto: Andrzej Rembowski/Pixabay )
O e-book da Estácio tem 28 páginas e ensina receitas, que os pequenos podem fazer junto com os adultos (foto: Andrzej Rembowski/Pixabay )


A pandemia da COVID-19 faz com que as crianças fiquem cada vez mais dentro de casa, em homeschooling, e também desafia os pais e responsáveis na busca por novas formas de entreter e oferecer conteúdo de qualidade aos pequenos.

Por isso, a Estácio acaba de lançar o e-book “Para Brincar e Comer”, indicado para crianças de 6 a 11 anos, com atividades para educação nutricional, que será enviado para escolas públicas e particulares.

O conteúdo também pode ser baixado, gratuitamente, pelo link:https://bityli.com/brincarecomer

De autoria da docente e coordenadora do curso de nutrição, Ana Carolina Port, em conjunto com as alunas Cecília Maria da Silva Sousa, Letícia Affonso, Maria Rita Viana de Macedo, Patrícia Vieira Marques e Thaís Oliveira, o livro tem 28 páginas, e ensina os pequenos, de forma lúdica e divertida, a como fazer a higienização adequada dos alimentos.

O conteúdo traz ainda brincadeiras, como caça-palavras e jogo da memória envolvendo e explicando mais sobre cada alimento, como brócolis, beterraba e cenoura, sempre com referências a diversos personagens infantis.
 

NUGGETS DE BRÓCOLIS, DOCE DE ABÓBORA E CHIPS DE BETERRABA 

 
Na obra, também são disponibilizadas receitas simples para execução junto com adultos, como chips de beterraba, ovos na casquinha de cenoura, doce de abóbora com coco, nuggets de brócolis, entre outros.

“É um livro de fácil leitura, com bastante ilustração e cores para compartilhar informações importantes sobre nutrição de forma adaptada ao momento em que estamos vivendo, de pandemia. O material será enviado para escolas de educação infantil (ensino fundamental I), cuidadores, professores, funcionários, gestores e alunos, visto que o assunto de educação alimentar e nutricional deve ser incluído no currículo do ensino fundamental e médio e tem se mostrado de grande significância para a saúde e bem-estar da população a longo prazo, principalmente se iniciada na infância”, explica a professora Ana Carolina Port.

Além do lançamento do e-book, outras atividades estão em andamento para auxiliar professores e gestores de escolas, como canal no Telegram, para tirar dúvidas sobre alimentação da criança e família e roda de conversa por vídeo chamada com temas envolvendo a boa alimentação.

Mais informações sobre o projeto podem ser obtidas pelo Instagram @nutriestaciorp.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade