Publicidade

Estado de Minas SAÚDE

Santa Casa BH inaugura instituto dedicado ao transplante de medula óssea

Leitos serão inaugurados nesta quarta-feira e terão estrutura ainda mais avançada e segura para os pacientes


12/01/2021 15:15 - atualizado 12/01/2021 16:11

Com a criação do Instituto de Transplante de Medula Óssea e Terapia Celular, poderão ser feitos 100 transplantes de medula por ano na Santa Casa(foto: Jair Amaral/EM/D.A Press - 28/03/2017)
Com a criação do Instituto de Transplante de Medula Óssea e Terapia Celular, poderão ser feitos 100 transplantes de medula por ano na Santa Casa (foto: Jair Amaral/EM/D.A Press - 28/03/2017)
A Santa Casa BH inaugura, nesta quarta-feira (13/1), o Instituto de Transplante de Medula Óssea e Terapia Celular. Os leitos serão equipados com filtros de tecnologia avançada, e a nova estrutura permitirá a ampliação do atendimento, com a possibilidade de o hospital realizar mais transplantes de medula óssea por ano.  
 
O instituto conta com nove leitos equipados com High Efficiency Particulate Air (HEPA), um filtro de tecnologia avançada, que garante a eliminação de, praticamente, 100% das impurezas do ar e que é extremamente importante para dar mais segurança aos pacientes em tratamento.

A montagem dos leitos foi financiada com recursos da própria instituição e do Programa Nacional de Apoio à Atenção Oncológica (Pronon).

Com a nova estrutura, o hospital vai ampliar o atendimento, podendo fazer, em média, 100 transplantes de medula óssea por ano.

Segundo a superintendente de Serviços Hospitalares da instituição, Mara Rúbia de Moura, “é um momento muito importante e de grande orgulho para todos nós. Estamos sempre evoluindo, atendendo a quem precisa com mais qualidade, dispondo do que há de mais avançado e seguro na área da saúde. Mas sem deixar de lado o tratamento humanizado".  

Para o diretor de Assistência à Saúde do hospital, Guilherme Riccio, a estrutura vai possibilitar um avanço em terapias envolvendo células: “A cada dia, evoluímos mais no campo da terapia celular, que se tornou muito importante e com enorme possibilidade de desenvolvimento de novos conhecimentos”.

A cerimônia virtual, às 11h, será transmitida pelo canal da entidade no YouTube. Além disso, o evento terá a participação de representantes do hospital, do Sistema Nacional de Transplante, entre outras autoridades.

Programa de transplantes 


Ao longo dos últimos anos, a Santa Casa se consolidou como o maior hospital transplantador de Minas Gerais, ocupando o 1º lugar no ranking de transplantes de órgãos, tecidos e células.

São ofertados transplantes de córnea, medula óssea, rim, fígado, ossos e coração. Em 2020, passou a realizar, também, transplante cardíaco pediátrico. 

No ano passado foram realizados transplantes em pacientes de 13 estados do Brasil. De Minas Gerais, foram atendidas pessoas de Belo Horizonte e de mais 79 municípios. 
 
*Estagiária sob supervisão da subeditora Kelen Cristina


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade