Publicidade

Estado de Minas PREVISÕES 2021

Previsões 2021: a vida pedirá um novo olhar

Conforme a astrologia, 2021 será marcado por imprevistos e instabilidades que demandarão soluções emergenciais


10/01/2021 06:00 - atualizado 10/01/2021 07:26

(foto: Don Cloud/Pixabay)
(foto: Don Cloud/Pixabay)


O que os astros enxergam para 2021? Yub Miranda, astrólogo, tarólogo e numerólogo, ajuda-nos a compreender o que estar por vir e, para quem acredita, como se preparar e se movimentar neste tempo de tantos desafios e mudanças. Em sua análise, 2021 será marcado por imprevistos e instabilidades que demandarão soluções emergenciais.

Conforme Yub Miranda, a quadratura entre Saturno em Aquário e Urano em Touro terá um papel marcante neste ano, o qual será bastante movimentado. “Inclusive, com a ansiedade podendo ser o sintoma mais presente (tal como a depressão foi em 2020, quando Júpiter e Saturno se encontravam em Capricórnio).”

Para o astrólogo, a necessidade será de “ajustes (quadratura) entre preservar (Touro) de maneira renovada (Urano) aquilo que nos oferece segurança e bem-estar (Touro) e a implementação gradual (Saturno) de avanços, descobertas e saídas para os problemas que afligem e desafiarão o convívio social (Aquário).”

Yub Miranda explica que a conjunção entre Júpiter e Saturno em Aquário (que marca o início de um ciclo de 20 anos, até 31/10/2040) aponta a necessidade de cada um encontrar o papel dentro do seu mercado, nicho, classe ou coletividade. “O trabalho em equipe, em comunidade, num esforço em conjunto, será muito valorizado em 2021. ‘Encontrar a sua tribo’ será uma busca incessante (vale tanto para blocos de países quanto para grupos de pessoas, com frequentes rearranjos e reestruturações).”

Além disso, Yub Miranda afirma que movimentos sociais (ONGs, sindicatos, partidos políticos etc.), bem como revoltas e rebeliões de grupos com ideais frontalmente discordantes, poderão apimentar a convivência neste ano. Segundo ele, os meses mais desafiantes tenderão a ser janeiro, fevereiro, junho e dezembro.
 

ENGANOS E CONFUSÕES  

O astrólogo Yub Miranda afirma que os meses mais desafiantes deste ano que se inicia tenderão a ser janeiro, fevereiro, junho e dezembro(foto: Edésio Ferreira/EM/D.A Press )
O astrólogo Yub Miranda afirma que os meses mais desafiantes deste ano que se inicia tenderão a ser janeiro, fevereiro, junho e dezembro (foto: Edésio Ferreira/EM/D.A Press )


Yub Miranda diz que os eclipses no eixo Gêmeos-Sagitário em quadratura com Netuno sinalizam um ano de muitas confusões, dispersões, enganos e incertezas sobre questões de transporte, educação/ensino, leis e circulação/comércio. “E isso demandará consideráveis adaptações às nuvens de nebulosidade que pairarão sobre as informações, notícias e interações humanas. Para não ser facilmente influenciado por fake news, tente pesquisar, avaliar a fonte de vídeos e textos, obter mais dados, a fim de ter um julgamento mais claro sobre aquilo que aceita como verdade ou quer compartilhar com seus contatos.”

Pelo visto, não será um ano fácil. Para Yub Miranda, é preciso que tenhamos mais responsabilidade (Saturno) social (Aquário) e possamos aprender muito (Júpiter) por meio da troca de conhecimentos, especialmente pelo virtual (Júpiter em Aquário).

Para o astrólogo, em 2021, a vida pedirá uma inventividade maior em termos pessoais e coletivos, de modo a encontrar soluções, criar ou aproveitar oportunidades de se envolver em novos projetos e experiências.

Para onde seu signo o conduzirá?*


A ousadia de pensar diferente e abrir a mente para perspectivas ainda não testadas serão a tonalidade mais positiva de 2021. E o que poderá ser  mais marcante para cada signo? Eis a leitura do astrólogo Yub Miranda:

ÁRIES: envolver-se num projeto em equipe, bem como reestruturar suas amizades e sua maneira de participar de um esforço em conjunto em prol da realização de metas.

TOURO: buscar ou aceitar as maiores responsabilidades pessoais e profissionais, a fim de se unir com pessoas que o ajudarão a realizar suas ambições.

GÊMEOS: reestruturar sua fé, bem como compartilhar seus conhecimentos de um jeito original e com o apoio de amigos ou da equipe.

CÂNCER: contar com amigos ou um grupo/equipe para encontrar soluções diante de crises emocionais, financeiras ou íntimas.

LEÃO: comprometer-se de forma renovada e madura em sua vida afetiva em parcerias, relações sociais e contratos.

VIRGEM: reestruturar sua rotina e comprometer-se de um modo reciclado com seu corpo, a fim de administrar melhor seu tempo, ser mais saudável e ter um novo nível de produtividade.

LIBRA: dedicar-se mais a filhos, sobrinhos, afilhados, netos, enfim, a crianças. Período para amadurecer sua forma de demonstrar afeto, curtir mais a vida afetiva e reestruturar sua experiência com o prazer.

ESCORPIÃO: novas e mais maduras bases emocionais, familiares e residenciais precisarão ser edificadas por meio de maiores responsabilidades. Redefinir seu papel na família ou onde você mora.

SAGITÁRIO: dedicar-se a algum estudo, pesquisa ou projeto comunicativo, seja escrevendo ou palestrando. Agir de forma mais responsável em suas trocas comerciais e com mais originalidade com as pessoas ao seu redor.

CAPRICÓRNIO: adotar uma postura mais responsável e inventiva ao lidar com o dinheiro, a saúde e sua força produtiva. Buscar novas experiências profissionais, especialmente com equipe.

AQUÁRIO: atingir um novo nível de responsabilidade pessoal, independência e liderança por meio de novos projetos e oportunidades de crescimento junto com algum amigo ou grupo.

PEIXES: resolver pendências, finalizar etapas, fechar algum ciclo, contando com o apoio de amizades ou dos membros de uma equipe. Projetos novos e inovadores serão gestados.
 

SAIBA MAIS

 
Astrologia X Astronomia*

(foto: Shot by Cerqueira/Unsplash)
(foto: Shot by Cerqueira/Unsplash)


A astrologia precedeu a astronomia no estudo e observação do céu. A diferença fundamental entre elas é que a astronomia é a ciência que estuda os movimentos dos astros, e procura compreender a sua causa com base nas leis físicas. A astrologia relaciona a posição dos planetas em relação às constelações do zodíaco e tenta correlacioná-las com o destino e com as tendências humanas. Contudo, ela não explica as causas por trás dessa relação e suas previsões não podem ser verificadas. Por isso, é possível afirmar que a astrologia é uma pseudociência, ou seja, se apresenta como uma atividade científica, mas não é.

*Fonte: Adilson de Oliveira, do Departamento de Física da Universidade Federal de São Carlos, no site cienciahoje.org.br .


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade