Publicidade

Estado de Minas Conta-gotas

Skincare caseira


04/10/2020 04:00 - atualizado 02/10/2020 13:30

(foto: Pixabay )
(foto: Pixabay )

Ter uma rotina de cuidados com a pele vai muito além da vaidade, já que é também um momento de relaxamento, autoconhecimento e, sobretudo, de manutenção da saúde. Por isso, as máscaras faciais caseiras ganham cada vez mais adeptos, uma vez que podem ser feitas de maneira prática e rápida no conforto de casa, com ingredientes naturais e por um preço acessível. Além do mais, elas mostram resultados extremamente eficazes, principalmente quando associados a hábitos de vida saudáveis. Para proporcionar esse momento especial de autocuidado, a Bio Mundo ensina a fazer uma poderosa receita de skincare com camomila e mel. Confira:

Ingredientes

• ½ xícara de chá de flor de camomila

• 1 colher de sopa de mel

Preparo: adicione as flores de camomila na água fervente, deixe esfriar e depois coe. Em seguida, acrescente o mel e mexa.

Modo de usar: passe a mistura sob o rosto higienizado e deixe agir por 15 minutos. A dica é fazer uma massagem delicada, com movimentos circulares, durante a aplicação. A máscara facial natural pode ser usada até duas vezes na semana.


Peeling ultrassônico


Todo mundo gostaria de ter uma pele jovem e saudável para sempre. Essa já é uma procura que dura muitos anos, e um método revolucionário pode deixar essa vontade um pouco mais próxima da realidade. O peeling ultrassônico tem como objetivo prevenir poros dilatados, olheiras, linhas de expressões e muitos outros. “O peeling ultrassônico foi desenvolvido para ser objetivo, seu tratamento vai direto nos pontos necessários e não tem quase nenhum efeito colateral, ou seja, 100% seguro”, explica Debora Modena, responsável pelo Departamento de P&D Ibramed. O tratamento ocorre em quatro etapas: esfoliação, hidratação, nutrição e tonificação. Para isso, todos os produtos escolhidos são determinados pelo tipo de pele de cada um, ou seja, é personalizado. “Os seus benefícios não são apenas para pessoas que querem retardar o envelhecimento. Jovens que têm acnes ou peles muito oleosas e pessoas que têm olheiras muito profundas também são aconselhadas a fazer”, finaliza.
 

Prejuízo na quarentena?


Home-office, filhos em casa, tarefas domésticas acumuladas. O isolamento social trouxe alterações na rotina familiar e também mudanças de hábitos que, talvez, a gente nem esteja percebendo. Pare para pensar: quantas vezes você já escovou os dentes hoje? Esse cuidado diário com a boca, extremamente importante para a nossa saúde, pode não estar sendo priorizado em casa neste momento. Por isso, o ortodontista Gustavo Féres destaca ser preciso fazer um esforço para continuar mantendo a higiene bucal. “Cárie, gengivite, periodontite e endocardite são algumas das doenças que podem surgir em razão de maus hábitos dentais. Além de dor, essas patologias podem levar à perda de dentes, principalmente por não sabermos precisar por quanto tempo a quarentena ainda vai durar. Portanto, policie-se para escovar os dentes todos os dias pelo menos três vezes, pois quando essa pandemia chegar ao fim, você vai poder abrir aquele sorriso bonito e saudável e, melhor, sem precisar gastar dinheiro com dentista para corrigir os problemas que surgiram com a falta de escovação adequada durante a quarentena", afirma.
 
 

Menopausa X estrutura capilar

(foto: Pixabay)
(foto: Pixabay)

A menopausa é um período de muitas mudanças e transformações na vida de uma mulher, podendo afetar até mesmo os cabelos e o couro cabeludo. “Na menopausa, há um declínio hormonal que altera o ciclo capilar e a estrutura do cabelo. Eles ficam mais ressecados, porosos e quebradiços. Os cabelos precisam de cuidados especiais nessa fase”, diz a tricologista Viviane Coutinho. Ela  afirma ser necessário, também, unir o tratamento médico com o de reposição hormonal e terapias específicas para o couro cabeludo e os fios. É comum, ainda, que, nessa fase da vida, haja queda dos fios. Mas existe tratamento e, por isso, a especialista destaca que não há necessidade de desesperar. “A queda, sendo tratada, ajustando clínica e terapeuticamente, poderá ser cessada. Assim como o ressecamento e outras características encontradas nesse período.”


Candidíase e o tratamento natural

(foto: Pixabay )
(foto: Pixabay )

A candidíase é uma infecção causada pelo fungo Candida albicans, que ocorre na área genital, tanto em mulheres como em homens, provocando coceira, secreção e inflamação na região. O tratamento para a candidíase é simples e rápido. Após realização de exame que confirma ou não a doença, é aplicado comprimido oral ou creme vaginal. Mas esse pode ser feito, também, de forma natural, mais precisamente com óleo de coco, conforme explica Elisabete Almeida, diretora do Meu Prato Saudável. “Devido à presença de ácidos graxos em sua composição, o óleo de coco é recomendado para combater essa infecção fúngica. O ácido láurico aumenta a imunidade do organismo, ajudando a equilibrar o pH, e desacelera o crescimento excessivo de células fúngicas, enquanto o ácido caprílico ataca as células da levedura, impedindo que se espalhem”, diz. Elisabete recomenda, ainda, que a aplicação do óleo seja feita entre três e quatro vezes ao dia, depois de higienizada a região. “No entanto, esse tipo de tratamento não deve substituir as orientações do ginecologista”, afirma.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade