Publicidade

Estado de Minas COVID-19

Coronavírus: Motofrentistas de BH vão receber kits de proteção

Empresa de proteção veicular distribuirá nesta quarta-feira, 22, máscaras, produtos de higienização e informativos aos trabalhadores de delivery


postado em 21/04/2020 10:00 / atualizado em 21/04/2020 10:04

Os kits serão distribuídos aos profissionais de delivery em BH(foto: Lion Proteção Veicular/Divulgação)
Os kits serão distribuídos aos profissionais de delivery em BH (foto: Lion Proteção Veicular/Divulgação)
Nesta quarta-feira, 22, a empresa de proteção veicular Lions vai distribuir aos trabalhadores de delivery em BH, kits de proteção contra a COVID-19. Parte dos 35 mil profissionais desse quesito, segundo a BHTrans, receberão máscaras, álcool em gel e informativos

Charles Souza, gerente de marketing da Lions Proteção Veicular, afirma que a iniciativa partiu da observação da necessidade desses profissionais se protegerem, por atuar na linha de frente para atender às necessidades básicas daqueles que se mantêm em isolamento social

“A gente sabe que boa parte dos nossos associados são motociclistas que trabalham em serviço de entrega. E, são estes profissionais que estão ajudando a manter o país funcionando, entregando tudo que as pessoas que estão de quarentena precisam. Isso ajuda a mantê-los em casa. Pensando nisto, resolvemos distribuir os kits. Todo motociclista que trabalha com entregas pode ir lá receber o seu.” 

Além disso, Charles ressalta a importância de ações como essa, que se desvencilham do poder público. “Todos os setores da sociedade civil devem participar – cada um no seu segmento e dentro das suas possibilidades –, ajudando a minimizar os efeitos imediatos e posteriores desta crise.” 

A ação será realizada a partir das 10h, em frente a Lions, na Avenida Barão Homem de Melo, 2.785, Bairro Estoril, Região Oeste de Belo Horizonte. 

A distribuição dos kits será feita por três funcionários da empresa, visto que os demais seguirão em home office devido à pandemia. “Todos estarão devidamente protegidos”, pontua. 
 

Aumento de deliverys 


De acordo com a consultoria Ebit/Nielson, houve um crescimento de 96% na aderência de restaurantes a aplicativos de entrega e no varejo de autosserviços, como supermercados e farmácias, após o início da quarentena, o que exige uma demanda maior de profissionais de entrega nas ruas. Por isso, os devidos cuidados devem ser tomados. 

 

* Estagiária sob a supervisão da editora Teresa Caram 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade