Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. ASSINE AGORA >>

Publicidade

Estado de Minas SOFIA BAUER

A vida como ela é oscila entre os bons e maus momentos

Tudo é uma escolha e você pode escolher como vai viver até mesmo as dificuldades que aparecem em nosso cotidiano. Quem não as tem?


30/05/2021 04:00 - atualizado 02/06/2021 18:39


Todos buscamos a tal da felicidade como se ela fosse perene e morasse sempre no quintal do vizinho. Mas ela não é perene e nem fica presente todo tempo em nossa vida. Como tudo, a vida oscila entre bons e maus momentos, entre lutas e tempos de paz, chuva e sol. Mas uma única coisa o tempo todo seria entediante.

O que de verdade temos? Tempo e vida.

Como desfrutar da vida sem cuidar do tempo e vice-versa. Por isso, existe um grande segredo: viver o momento presente como ele é. Ah! Detesto lavar panelas ou a louça acumulada na cozinha. Detesto estudar. Detesto... etc. Já pensou como seria se essa louça, essas panelas lavadas apreciando que tem água e louça e que estão ali porque tinha comida? E sobre o estudo, se está estudando é porque tem a oportunidade de crescimento em alguma área!

Portanto, qualquer tarefa, a qualquer tempo, pode ser uma verdadeira bênção. Significa vida!

Desgosto. Não ter gosto. Isso sim é ruim, não ter gosto por nada e tudo estar ruim. Mas pode ficar pior quando você adoece, fica sem conseguir respirar ou precisa ser intubado sem saber se ali está sendo o último minuto de consciência e pode até morrer! Fui longe demais, mas só para chamar a sua atenção.

Podemos, sim, gostar de algumas coisas e desgostar de outras. Tarefas são sempre tarefas e vamos ter que fazer algum esforço para terminá-las. Mas quando terminamos uma tarefa, a vida nos diz: “Ah! Que alívio!”

Dever cumprido traz paz!

Que tal rever sua vida nos detalhes?

Pequenas coisas do nosso dia a dia podem ser tão preenchedoras de uma vida mais saudável. Essas pequenas atividades do nosso cotidiano nos fazem mais vivos. Já pensou em lavar a louça sentindo o aroma do detergente, sentido a água em suas mãos, reparando como a louça fica limpinha e se debruçando sobre a atividade sentindo seu corpo inteiro e presente ali naquele momento? Vai ficar bem mais fácil lavar a louça se fizer desse momento um instante meditativo.

A vida pode ser vivida nos momentos bons, desfrutando fortuitamente, como pode ser vivida nos momentos difíceis com amor e compaixão a si e aos outros que, porventura, participarem desse momento. Se você olhar a parte ruim com bons olhos, verá algo bom. Se você estiver de corpo presente até nas dificuldades, poderá se sentir enraizado, poderá respirar fundo e buscar uma segurança, uma força maior em si mesmo.

Tudo é uma escolha e você pode escolher como vai viver até mesmo as dificuldades que aparecem em nosso cotidiano. Quem não as tem? Viver uma batalha por vez, respirar fundo, buscar saídas ou ajuda quando não houver saída, mas assim mesmo, escolher o melhor caminho para passar os momentos ruins.

Você faz a opção. Escolher aproveitar as pequenas coisas, escolher sentir na pele o bem-estar de cada momento... escolher observar e saborear momentos bons que ficarão na lembrança. Nutrir-se com eles. Escolher que momentos bons podem estar em detalhes do seu dia...um bolo, uma cafezinho, um olhar pela janela avistando a vista lá fora, ouvir um canto dos pássaros, admirar um pôr do sol.

A vida como ela é...

Ela sobe e desce num mesmo dia, esquenta e esfria. Dá sustos e nos traz boas novidades. A vida se faz assim todos os dias uma novidade e vai seguindo. Tem dia e noite, luz e sombra. Mas há quem só veja as sombras. Isso não é bom. Precisamos ver nas sombras a oportunidade de reencontrar a luz, verificar o que nos diz essa sombra. Há sempre um bom sinal em tudo, até nos erros ou nas dificuldades.

Quem sabe desfrutar do momento presente, tem mais habilidades para observar oportunidades. Se torna mais saudável e mais feliz.

Esse é o segredo das pessoas felizes. Mesmo sabendo que vivem agora uma dificuldade, estão nutridas de bem-estar. Estão prontas para enfrentar o que vem. Aceitam com mais tranquilidade momentos difíceis e se mostram mais resistentes às batalhas que forem necessárias. E o melhor, se saem melhor nessas situações e com grande vantagem.

Têm melhor imunidade, têm melhores ideias, têm mais garra e motivação. Pois veem a vida de forma mais positiva. E tudo isso se baseia em ter uma nutrição feita dos detalhes de cada dia. Pequenas coisas nos nutrem de otimismo e alegrias.
 
Podemos buscar apreciar mais o belo, focar no que funciona e desfrutar de cada momento presente como único e sem igual.

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade