Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. ASSINE AGORA >>

Publicidade

Estado de Minas

Ricardo Kertzman: Até quando Bolsonaro irá espalhar sua estupidez?

O mundo se liquefaz numa crise sem precedentes, e nosso presidente brinca de animador de auditório para sua plateia amestrada


postado em 12/03/2020 08:48 / atualizado em 12/03/2020 09:15

(foto: Marcos Correa/PR/Divulgação)
(foto: Marcos Correa/PR/Divulgação)

Enquanto os Estados Unidos restringem todos os voos comerciais da Europa para o país, simplesmente os dois mais prósperos e importantes “players” do mundo, num impacto financeiro e social sem precedentes;

Enquanto Itália, França, Alemanha, Inglaterra e outras superpotências adotam medidas restritivas de circulação e aglomeração de pessoas;

Enquanto Israel coloca em quarentena obrigatória todos os desembarcados no país, nos últimos dias;

Enquanto 300 milhões de estudantes, mundo afora, encontram-se sem aula; shows e eventos culturais e esportivos de grande porte são cancelados ou adiados; enquanto o Japão cogita adiar seus Jogos Olímpicos;

Enquanto a companhia aérea alemã Lufthansa cancela cerca de 23 mil vôos até abril; enquanto as bolsas de valores perdem trilhões de dólares em valor de mercado em todo o mundo, por aqui o animador de auditório Jair Bolsonaro brinca de manifestação contra o Congresso, chama a pandemia de "exagero da mídia" e diz que “há muita fantasia em torno do coronavírus”.

Alguém precisa aterrissar esse senhor no planeta Terra; na realidade. Ou alguém precisa lhe colocar uma camisa de força e atirá-lo no manicômio mais próximo, pois do jeito que está, não dá pra ficar.

E o pior é que ainda encontra milhões de fanáticos seguidores, tão ignorantes e irresponsáveis quanto ele próprio, prontos para atacarem caninamente quem quer lhes admoeste a respeito.

Pronto! Sou todo ouvidos aos xingamentos. Que comece a selvageria!! Feliz coronavírus a todos.

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade