Publicidade

Estado de Minas NISSAN FRONTIER PLATINUM 2.3 AT 4X4

Nova Nissan Frontier se destaca no visual e desempenho

Reestilização deixou a picape com design robusto e motor mais agradável em baixa velocidade. Porém, fabricante se esqueceu de incluir alguns conteúdos básicos


06/08/2022 04:00 - atualizado 05/08/2022 22:37

NISSAN FRONTIER PLATINUM 2.3 AT 4X4
Grade alta e capô vincado dão desempenho robusto à picape (foto: Fotos: Jorge Lopes/EM/D.A Press)


Em abril, a Nissan lançou a Frontier reestilizada. O “tapa” no visual deu certo, e o design da picape passou de insosso para altamente desejável. O porte mudou tanto que nem parece que o veículo ganhou uma atualização de meia-vida, mas avançou uma geração. Na verdade, o trabalho feito no modelo foi mais estético.

Basicamente, a Frontier passou a ostentar uma aparência mais robusta. A nova grade ficou enorme, com uma moldura grossa que traz o nome do modelo em baixo-relevo. O capô elevado ganhou “musculatura” com seus novos vincos. Os faróis em LED são formados por quatro projetores, e ficaram estilosos. O para-choque dianteiro ganhou desenho mais agressivo e nichos verticais nos faróis de neblina.

O design segue robusto com o compartimento de carga mais alto, nivelado com a dianteira. Se você sentiu falta de alguma coisa olhando as fotos, deve ser do santantônio, que é um acessório. Na traseira, a tampa tem nome do modelo em baixo-relevo. Já o para-choque foi rebaixado no centro, formando um degrau que dá acesso à caçamba.

Testamos a versão de topo Platinum, com detalhes cromados e rodas de 18 polegadas. No entanto, quem preferir um visual mais aventureiro, pelos mesmos R$ 320 mil também é possível optar pela versão malvada PRO-4X, com vários elementos em preto (grade, rodas e molduras).

CARGA 

A caçamba ganhou maior volume de carga, tendo crescido em altura. As medidas do compartimento de carga são 1,50m de comprimento, 1,56m de largura e 0,47m de altura. O volume é de 1.054 litros. A versão testada traz um divisor que ajuda a organizar a carga. A tampa recebeu sistema que ameniza o peso na hora de abrir e fechar. Apesar de ter tomada 12V, falta iluminação. Mesmo nesse pacote de topo, a capota marítima é um acessório.
 
Vista lateral da picape
Para-choque traseiro foi rebaixado no centro para formar degrau que dá acesso à caçamba
 

DENTRO 

Um aspecto que precisa ser revisto é o acabamento interno dessas picapes que já ultrapassaram a barreira dos R$ 300 mil. No caso da Frontier, o problema está no painel, que só tem plástico. Um aplique em couro ou, no mínimo, o uso de um material emborrachado enriqueceriam bastante o interior. Também faltam bons porta-trecos para acomodar itens como carteira, celular e chaves.

A Frontier Platinum tem couro nos bancos, em apliques nas portas e no apoio de braço. O tapete é em borracha e, nessa versão de topo, fica devendo carpete. Com a reestilização, o interior mudou pouco: basicamente, a picape ganhou o volante do Kicks e uma tela colorida de 7 polegadas no quadro de instrumentos. Já o sistema multimídia tem tela de 8 polegadas e espelhamento com o smartphone.

O grande destaque a bordo dessa versão é o teto solar. O banco do motorista traz regulagens elétricas, incluindo a lombar. O banco traseiro conta com saídas de ar-condicionado, iluminação e tomada USB. Porém, o assento é baixo em relação ao assoalho, o que compromete o conforto em longos trechos. Porém, o vidro elétrico com função “um toque” disponível apenas para o motorista (ainda assim só para abrir) é o cúmulo da economia de palito.

RODANDO 

A Frontier continua a usar o motor 2.3 a diesel, com 190cv de potência e 45,9kgfm de torque. O propulsor biturbo mostra evolução quanto ao comportamento em baixa rotação, o que a torna agradável de usar no trânsito lento da cidade, ignorando suas duas toneladas. Já os mais de 5 metros de comprimento não podem ser esquecidos na hora de achar uma vaga e fazer manobras. Na estrada, a picape fica à vontade para esbanjar sua performance.

O câmbio automático de sete marchas tem boa gestão e pode receber trocas manuais pela alavanca. Naturalmente, a Frontier oferece boa capacidade para o fora de estrada, com tração 4x4 e reduzida. A picape também traz o Drive Mode, com quatro configurações mecânicas: normal, esportivo, fora de estrada e carga/reboque.
 
Painel da picape
Painel exagera no uso de plástico e fica devendo um material mais nobre
 
A suspensão pula bastante quando o veículo está descarregado, algo que nem a suspensão multilink combinada com eixo rígido conseguiu solucionar. A direção ainda é hidráulica, a despeito da tendência da assistência elétrica. Os freios agora contam com discos também na traseira.

Uma novidade chata é o uso do aditivo Arla 32 para adequar o motor à nova fase do Proconve (programa de controle de emissões veiculares). É que, para além do benefício ambiental, o sistema de pós-tratamento dos gases do escapamento acaba sendo um gasto extra e pode ser uma dor de cabeça para o proprietário.

CONTEÚDO

A versão de topo Platinum, assim como a aventureira PRO-4X, agora traz algumas funções semiautônomas no Safety Shield. Assim, o motorista conta com alerta de colisão frontal, assistente de mudança de faixa, alerta de tráfego cruzado traseiro, assistente de ponto cego e assistente de farol alto.

Com essa atualização, lançada em abril, a Frontier ganha competitividade e encosta nos seus concorrentes. O visual é dos melhores, a mecânica agrada, o acabamento interno fica devendo, o pacote de equipamentos é bom e houve grande evolução em tecnologia. Apesar disso o modelo continua como a quinta picape média mais vendida, longe do protagonismo que a Nissan afirmou perseguir em todos os segmentos que atua.

FICHA TÉCNICA

» MOTOR
Dianteiro, longitudinal, quatro cilindros em linha, 16 válvulas, 2.298cm³ de cilindrada, biturbo, a diesel, que desenvolve potência máxima de 190cv a 3.750rpm e torque máximo de 45,9kgfm entre 1.500rpm e 2.500rpm
» TRANSMISSÃO
Tração traseira, com opção de 4×4 e reduzida, e câmbio automático de sete marchas
» SUSPENSÃO/RODAS/PNEUS
Dianteira, independente, com braços duplos e barra estabilizadora; e traseira conjugando multilink e eixo rígido /18 polegadas (liga leve)/255/60 R18
» DIREÇÃO
Do tipo pinhão e cremalheira, com assistência hidráulica
» FREIOS
A disco ventilados na dianteira e na traseira, com ABS
» CAPACIDADES
Tanque, 73 litros; capacidade de carga (passageiro e carga), 1.100 quilos
» DIMENSÕES
Comprimento, 5,26m; largura, 1,85m; altura, 1,86m; distância entre-eixos, 3,15m; e altura em relação ao solo, 24,7cm
» VOLUME DA CAÇAMBA
1.054 litros
» ÂNGULOS
De ataque, 31,2 graus; de saída, 25,8 graus
» PESO
2.207 quilos
» CONSUMO
Cidade: 9,1 km/l
Estrada: 11 km/l

EQUIPAMENTOS
» DE SÉRIE
Airbags frontais, laterais e de cortina; bloqueio de diferencial eletrônico; controle automático de descida; controles de tração e estabilidade; luzes diurnas com assinatura de LED; freios ABS com controle eletrônico e assistência de frenagem; assistente de partida em rampa; alerta avançado de colisão frontal; alerta de atenção do motorista; alerta e assistente de prevenção de mudança de faixa; alerta de tráfego cruzado traseiro; alerta e assistente de ponto cego; farol alto automático; assistente de frenagem; chave presencial; acendimento automático dos faróis; ar-condicionado digital de dupla zona com saídas para o banco traseiro; banco do motorista com regulagem elétrica e suporte de lombar; controle de velocidade de cruzeiro; desembaçador traseiro; divisor de caçamba; escurecimento automático dos retrovisores; sensor de chuva; painel de instrumentos de 7 polegadas; para-sóis com espelho e iluminação; protetor de caçamba; sensor de estacionamento traseiro; teto solar; volante com ajuste de altura; estribos laterais; faróis de neblina; rack de teto; retrovisores com ajuste e rebatimento elétricos; bancos revestidos em couro; multimídia de 8 polegadas; visão 360 graus com detecção de objetos em movimento.
» OPCIONAL
Pintura azul Cayman (R$ 1.950).
»  Quanto custa?
A Nissan Frontier 2.3 diesel AT 4x4 Platinum, versão de topo da picape média, tem preço sugerido de R$ 320.990. Com o opcional descrito, a unidade testada custa R$ 322.940.
 

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade