Publicidade

Estado de Minas

Depois da virada do ano, confira quais foram os modelos mais emplacados de janeiro

Lista de modelo mais vendidos traz muitas curiosidades. Mercado ainda não está tão aquecido quanto as projeções já divulgadas


postado em 08/02/2020 04:00 / atualizado em 07/02/2020 13:11

Chevrolet Cruze (foto: Edésio Ferreira/EM/D.A Press)
Chevrolet Cruze (foto: Edésio Ferreira/EM/D.A Press)


Os emplacamentos de veículos de janeiro foram um banho de água fria nas projeções de crescimento para 2020. De acordo com relatório divulgado pela Fenabrave (Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores) no início do ano, o incremento seria na ordem de 9,67%, mas não foi isto que o primeiro mês do ano refletiu. Em relação a janeiro de 2019, a queda foi de 3,1%. Comparado a dezembro de 2019, que costuma ser um mês forte de vendas, o recuo foi de 26,3%.
 
Do mundo dos números para o universo dos carros, vamos dar um zoom no relatório de janeiro divulgado pela Fenabrave e ver como os modelos estão ranqueados agora que a virada de ano estabelece um novo marco zero. Na liderança absoluta, não podíamos esperar outro senão o Chevrolet Onix, que não só foi sabiamente renovado (em preço, design, conteúdo e motorização), quanto manteve em linha como opção de entrada a geração anterior. Somando as duas gerações, em janeiro foram emplacadas 17.463 unidades do Onix, sendo que, de acordo com a Chevrolet, 75% são do novo Onix e 25% do Joy.
 
Renault Kwid (foto: Leandro Couri/EM/D.A Press)
Renault Kwid (foto: Leandro Couri/EM/D.A Press)
 
 
Mas as surpresas já começam na segunda colocação, que também é do Onix, mas do sedã, que carrega o sobrenome Plus. Os motivos do êxito são os mesmos do hatchback. Foram 8.722 modelos vendidos, também juntando nova e velha geração. Por coincidência, segundo a Chevrolet, o mix entre as gerações é igual ao do dois-volumes: 75% para o Onix Plus e 25% para o Joy Plus.
 
Medalha de prata em 2019, o Ford Ka começa o ano ocupando a terceira colocação, com 7.334 emplacamentos. Quem esperava que o quarto modelo mais emplacado seria o Hyundai HB20, devido à acirrada disputa com o Ka nos últimos anos, se enganou. Diferente do Onix, a renovação do HB20 não foi levada a sério pelos coreanos, e o modelo está agora em quinto, com 6.555 emplacamentos.
Quem roubou a quarta colocação foi o Renault Kwid, que somou 6.739 vendas em janeiro. Hoje o Brasil tem apenas dois modelo de entrada: o Kwid e o Fiat Mobi, ambos a partir de R$ 34.990. Mas qual é o segredo do carrinho da Renault em comparação ao da Fiat, que hoje é o décimo mais vendido, com 4.316 emplacamentos? Existem pelo menos duas explicações. A primeira é que o Kwid, apesar de compacto, tem espaço interno bem mais generoso que o Mobi. A segunda é que a Fiat tem um segundo modelo de entrada, o Uno, que certamente belisca algumas vendas do Mobi.
 
O sexto mais vendido é o Volkswagen Gol, com 6.030 emplacamentos, que, mesmo com projeto para lá de ultrapassado, consegue se manter entre os dez mais emplacados. Depois segue a disputa entre os modelos que reinauguraram o segmento dos compactos premium. O Volkswagen Polo estampa a sétima colocação, com 5.593 unidades vendidas em janeiro, enquanto o Fiat Argo somou 4.794 emplacamentos.
 
O Jeep Renegade é o único SUV entre os dez mais emplacados, com 4.325 unidades. Dentro do segmento dos utilitários-esportivos compactos, o Volkswagen T-Cross ainda não conseguiu confirmar que vai disputar as primeiras colocações, como seu desempenho no último ano sugeria. Com 3.339 emplacamentos, o modelo ainda está atrás do Nissan Kicks (3.815 unidades) e Hyundai Creta (3.734 unidades).
 
Entre os sedãs médios, destaque para o Chevrolet Cruze, que, com 1.739 emplacamentos, tomou a segunda colocação do segmento do Honda Civic, que registrou apenas 1.589 unidades vendidas. A liderança, é claro, continua com o Toyota Corolla, com 3.932 emplacamentos. Já na seara dos comerciais leves, a Fiat Strada continua dando as cartas, com 5.419 unidades, mesmo próximo à chegada da nova geração. A Fiat Toro também vai bem, com 5.300 emplacamentos, o segundo mais vendido entre os comerciais.

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade