Conteúdo para Assinantes

Continue lendo ilimitado o conteúdo para assinantes do Estado de Minas Digital no seu computador e smartphone.

price

Estado de Minas Digital

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas digital por R$ 9,90/mês. Experimente 15 dias grátis >>

Estado de Minas

Vendas do T-Cross avançam

Enquanto SUV compacto da VW briga por espaço, HR-V não consegue retomar a liderança do segmento. Argo ultrapassa as vendas do Polo e Toyota Yaris Sedan desbanca Fiat Cronos


postado em 11/06/2019 04:11

Vendas do VW T-Cross do mês de maio já superaram as de Ford EcoSport, Renault Duster e Captur, Chevrolet Tracker, Citroën C4 Cactus e Peugeot 2008; daí para a liderança é outra conversa(foto: volkswagem/divulgação)
Vendas do VW T-Cross do mês de maio já superaram as de Ford EcoSport, Renault Duster e Captur, Chevrolet Tracker, Citroën C4 Cactus e Peugeot 2008; daí para a liderança é outra conversa (foto: volkswagem/divulgação)



A Fenabrave (Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores) divulgou os emplacamentos do mês de maio, o que permite avaliar o desempenho de vendas dos principais modelos vendidos no mercado brasileiro. As três primeiras colocações não são novidade há um bom tempo, com o Chevrolet Onix liderando isolado e com muita folga, com 97.408 emplacamentos, seguido por Hyundai HB20, que soma 44.848 unidades, e o Ford Ka, que teve 42.249 emplacamentos. Ou seja, se juntarmos o segundo e o terceiro colocados, ainda falta muito para alcançar o primeiro.


Um dos modelos que estamos acompanhando de perto é o Volkswagen T-Cross. O SUV completa dois meses com desempenho ainda tímido, mas evoluindo. Se em abril ele teve 1.859 emplacamentos, em maio esse número subiu para 3.003. Já é o bastante para ficar acima dos emplacamentos mensais de Ford EcoSport, Renault Duster e Captur, Chevrolet Tracker, Citroën C4 Cactus e Peugeot 2008. Mas, devido ao pouco tempo de lançamento, o desempenho de vendas do T-Cross ainda não deve ter alcançado uma estabilidade.


Entre os SUVs compactos, a liderança está com o Jeep Renegade, com 27.136 emplacamentos até o fim de maio. Vale registrar que a Jeep mantém até agora dois SUVs (Renegade e Compass) entre os 10 modelos mais vendidos do país, um feito importante para uma marca com veículos com maior valor agregado. A segunda colocação entre os utilitários esportivos compactos é do Nissan Kicks (21.124 emplacamentos), seguido pelo Honda HR-V (com 19.800 unidades vendidas), que não conseguiu retomar a liderança. Na sequência vêm o Hyundai Creta (19.609) e o Ford EcoSport (13.049).

PREMIUM Uma reviravolta do ano de 2019 foi dada pelo Fiat Argo em cima do Volkswagen Polo. Hoje é o modelo da Fiat que lidera o segmento dos hatches compactos premium, com 28.672 emplacamentos, enquanto o modelo da Volkswagen soma 26.598 unidades. O Toyota Yaris segue na terceira colocação do segmento (15.169), que perdeu o Ford Fiesta.


Já entre os sedãs premium, o Volkswagen Virtus lidera com ampla vantagem, com 18.261 emplacamentos. A segunda colocação é do Toyota Yaris Sedan (12.781), que empurrou o Fiat Cronos para a terceira colocação (9.438). Agonizam no segmento Honda City (6.770) e Chevrolet Cobalt (5.718), que deve ser substituído pelas versões mais caras da nova geração do Prisma.


Ainda entre os 10 mais emplacados do país estão o Chevrolet Prisma, sedã compacto que ocupa a quarta colocação geral entre os automóveis e comerciais leves vendidos no Brasil com 34.779 unidades, Renault Kwid, na quinta colocação com 32.639 unidades, seguido pelo exausto Volkswagen Gol, que vendeu 31.649 unidades.

TÁ FRACO Um recorte interessante entre os hatches compactos são os modelos que não passam nem perto de vender mil unidades por mês: Peugeot 208 (com 520 emplacamentos em maio), Nissan March (406) e Citroën C3 (320). Falando em vender pouco, vamos atualizar os números do moribundo segmento dos hatches médios, liderado por Chevrolet Cruze (2.262 emplacamentos até maio), seguido por Volkswagen Golf (com apenas 924 unidades) e o finado Ford Focus, que se despede com 426 unidades vendidas.

VOLKS X CHEVY Outro movimento que estamos monitorando é o avanço da Volkswagen sobre a Chevrolet, já que a marca alemã já declarou que está na mira da liderança do mercado nacional, hoje dominado pela americana. Se levarmos em conta apenas os automóveis, a Chevrolet tem até uma gordura para queimar, tendo acumulado até o fechamento de maio 168.940 unidades vendidas, o que corresponde a 19,1% de todos os automóveis vendidos no Brasil. No mesmo período, a Volkswagen respondeu por 129.738 emplacamentos, 14,67%.


Mas, se acrescentarmos a essa massa os comerciais leves, o bolo da Chevrolet fica um pouco menor: são 185.535 emplacamentos, que reduzem sua participação para 17,92%, enquanto a Volkswagen teve 154.699 emplacamentos, 14,94%. Vale lembrar que estamos falando de uma liderança em número de unidades vendidas/emplacadas no mercado brasileiro, o que não significa que o faturamento de uma marca é superior ao da outra.

 

 

 


Publicidade