Publicidade

Estado de Minas CARREIRA

Resgate da origem asiática


19/07/2020 04:00

Em Malhação %u2013 Viva a diferença, Tina (Ana Hikari) enfrenta preconceito por namorar Anderson (Juan Paiva)(foto: MarÍlia Cabral/gLOBO)
Em Malhação %u2013 Viva a diferença, Tina (Ana Hikari) enfrenta preconceito por namorar Anderson (Juan Paiva) (foto: MarÍlia Cabral/gLOBO)

 
A personagem Tina de Malhação – Viva a diferença aproximou Ana Hikari de suas raízes japonesas. A atriz conta que, até interpretar a jovem na novela adolescente da Globo, não entendia bem a cultura asiática e pesquisou sobre o assunto para viver o papel. Agora, a intérprete tem a chance de rever a trajetória da garota que enfrenta os pais, Mitsuko (Lina Agifu) e Noboru (Carlos Takeshi), em busca da liberdade. A reprise do folhetim está no ar por conta da paralisação das gravações devido ao coronavírus.
 
"A Tina vem de um contexto tradicional e traz esse posicionamento, que é algo que falta na cultura asiática. Como descendente, fui ensinada a ficar muito em silêncio. E a personagem tem isso de falar o que a incomoda. Ela é inspiração para muitas meninas. Acho que a Tina me proporcionou entender melhor as minhas origens", diz Ana.
 
Na novela, Tina é uma das cinco protagonistas. Ela, Keyla (Gabriela Medvedovski), Lica (Manoela Aliperti), Ellen (Heslaine Vieira) e Benê (Daphne Bozaski) formam o grupo das Five. As diferenças entre as garotas alimentam discussões interessantes na história criada por Cao Hamburger.

RACISMO Para a intérprete da personagem, o romance entre a estudante e Anderson (Juan Paiva), que é irmão de uma de suas amigas, também gera debates importantes sobre o que é racismo no Brasil. “Esta Malhação fala sobre viver as diferenças e o casal “Tinderson”' é um dos símbolos disso no amor. São duas pessoas com realidades e vidas muito distintas, mas que encontram um lugar em comum e se apaixonam. É lindo acompanhar o romance deles sendo a força para superar questões sociais que parecem simples, mas que ainda são tabus na sociedade que a gente vive", ressalta. 
(Estadão Conteúdo)


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade