Publicidade

Estado de Minas A DONA DO PEDAÇO

Caio Castro entre 'tanquinho' e beijo gay


postado em 11/08/2019 04:00

Ao exibir seu físico para Kim (Monica Iozzi) e Agno (Malvino Salvador), Rock (Caio Castro) 'quebrou' a web(foto: TV Globo/DIVULGAÇÃO)
Ao exibir seu físico para Kim (Monica Iozzi) e Agno (Malvino Salvador), Rock (Caio Castro) 'quebrou' a web (foto: TV Globo/DIVULGAÇÃO)

Caio Castro “roubou” a cena literalmente na semana passada em A dona do pedaço, novela das 21h da Globo. Ao exibir seu físico para Kim (Monica Iozzi) e Agno (Malvino Salvador) para ser avaliado se teria sucesso como influenciador digital, Rock “quebrou” a web com seu “tanquinho”. O frenesi nas redes sociais foi instantâneo depois que o boxeador apareceu sem camisa. Sem pudor na trama, Rock tem apenas um objetivo: ser um lutador de boxe famoso. Isso explica o caráter duvidoso do jovem, pois tudo que ele faz é em prol desse sonho. Inclusive porque seria a chance de acabar com a falta de dinheiro da família.

"Rock é uma pessoa boa, não é um cara que a gente pode chamar de mau. Só que tem a necessidade financeira, que o leva a lugares que vão contra os bons costumes. A ocasião faz o ladrão. Antes da ambição, vem a vontade de mudança de vida, de uma condição melhor. Ele deseja se tornar um boxeador de sucesso, vive em função disso", acredita o ator.

Seu nome não é à toa: há uma homenagem ao campeão dos ringues no cinema, Rocky Balboa, bem-sucedido personagem de Sylvester Stallone. E para fazer bonito na tela, Caio teve aulas de boxe. Caio viajou para Los Angeles, nos EUA, onde teve aulas com Arnold Chon, conhecido por treinar astros de Hollywood. Além disso, o ator teve contato com Mike Tyson, de quem se declara fã desde a infância. "Quando perguntei Tyson o que pensava ao se encontrar com os oponentes no ringue, ele respondeu: 'Acredito que vou matar aquele cara'. Então, é nisso que penso em cena. Obviamente, não vou matar ninguém (risos), mas é sobre a maneira como ele encara os desafios."

Na trama, Rock já namorou Fabiana (Nathalia Dill) e teve envolvimento com Josiane (Agatha Moreira). O próximo alvo seria uma relação homossexual, com Agno. "Obviamente, as pessoas devem estar curiosas. Eu também estou”, afirmou o ator. “Acredito que seja uma possibilidade para o futuro”, acrescenta.

SEM POLÊMICA Se a hipótese se concretizar, Caio não vê problemas em gravar beijos entre os personagens – desde que seja pertinente. Sem querer se antecipar, o ator acredita que esse tipo de cena precisa ser discutida, tal como uma de nudismo. E enfatiza que não quer levantar polêmica. Seu intuito com o trabalho na trama, frisa, é apenas divertir o público. "A última coisa que quero é levantar algum tipo de bandeira ideológica, pois estou ali para contar a história. Em relação ao beijo, entra até na questão de outros tipos de cena, como no caso de nudismo. Acho que tudo tem que ter uma razão. Não pode ser uma simples cena gratuita, que aí fica apelativo. Se é pertinente ao momento, é mais do que necessário", afirma. (Estadão Conteúdo)


Publicidade