Publicidade

Estado de Minas

Pipa: paraíso intocável no litoral do Nordeste

A antiga vila de pescadores de Pipa %u2013 hoje um distrito de Tibau do Sul, a 80 quilômetros de Natal %u2013 é certamente um dos destinos turísticos mais badalados do RN


postado em 08/10/2019 04:00 / atualizado em 08/10/2019 15:04

Não deixe de aproveitar o pôr do sol em Pipa: o cenário é de tirar o fôlego(foto: setur RN/Divulgação)
Não deixe de aproveitar o pôr do sol em Pipa: o cenário é de tirar o fôlego (foto: setur RN/Divulgação)


O nome do lugarejo deve-se ao fato de que os portugueses, ao passar de navio pelas proximidades, avistaram uma pedra que lembrava o formato de uma pipa, que em Portugal é a denominação mais usual para barril de vinho ou de azeite.
 
As falésias são bastante presentes na região, como as que se encontram na Praia do Amor, batizada assim justamente por uma ter uma grande falésia em forma de coração. É considerada excelente para a prática de surfe. Tartarugas marinhas e golfinhos também são comuns.
 
Praia de Camurupim, em Natal: local procurado para descanso(foto: Ana Clara Brant/EM/D.A Press)
Praia de Camurupim, em Natal: local procurado para descanso (foto: Ana Clara Brant/EM/D.A Press)
 
 
Outro passeio imperdível é o belíssimo pôr do sol na Lagoa de Guaraíras, porta de entrada de Tibau do Sul. Um dos lugares em que se podem contemplar essa maravilha da natureza é do Pipa Lagoa Hotel, que oferece acomodações modernas com ar-condicionado e TV LCD, piscina ao ar livre de borda infinita, spa com sauna e estúdio de massagem.Todas as unidades têm varanda ampla com vista panorâmica da lagoa. Outra opção de hospedagem é a Pousada Oásis, que fica bem no meio da muvuca, na Avenida Baía dos Golfinhos, mas nem por isso deixa de ser um lugar sossegado.
 
Mais afastada, e mesmo assim bem localizada, a Pousada Xamã, como o próprio nome sugere (xamã é um líder espiritual) tem um clima bem zen e de integração com a natureza, com direito a lago com carpas e visitas inesperadas de micos. Todos os quartos têm varanda térrea com rede, ar-condicionado, TV LCD, frigobar, banheiro e até uma máquina de café espresso. O hotel é administrado pelo simpático casal Antônio (mineiro de Pompéu) e Nelza (goiana de Goiânia) e pelo filho Wanderson Borges, que é presidente da Associação de Hotéis e Pousadas de Pipa e Tibau do Sul – Movimento Preserve Pipa. “O lugarejo cresceu muito nos últimos anos, mas ainda preserva o seu clima bucólico, acolhedor. Nossa rede hoteleira oferece opções para todos os bolsos e gostos”, frisa o empresário.
 
Pipa tem uma agenda intensa de eventos que ocorrem ao longo do ano. Não só os tradicionais e religiosos, como a festa da padroeira e a semana santa, mas Festival de Bossa e Jazz, em agosto; Encontro da Ostra e do Camarão, em setembro; e a Semana Multicultural, em novembro. O distrito atrai também muitos surfistas em função de suas ondas e, recentemente, vem sendo procurado por praticantes de kitesurfe, graças à combinação de belas ondas e bons ventos.
 
A avenida principal, a Baía dos Golfinhos, é onde tudo ocorre. Com seus paralelepípedos, lojas, pousadas, bares e restaurantes, faz lembrar a famosa Rua das Pedras, em Búzios. É impossível não passar por lá diversas vezes durante a viagem. No entanto, fique atento ao fato de cada estabelecimento ter seu horário e de muitos lugares só abrirem no final da tarde.

Preserve Pipa
Pipa é um dos destinos turísticos mais badalados do Nordeste(foto: setur RN/Divulgação)
Pipa é um dos destinos turísticos mais badalados do Nordeste (foto: setur RN/Divulgação)
 
Um dos pilares de Pipa é sua preocupação com a sustentabilidade e o meio ambiente. Não é raro encontrar várias lixeiras espalhadas por suas ruas e estabelecimentos. Um grupo de pessoas que se importa com o lugarejo decidiu se unir para fazer mais e criou o Preserve Pipa, movimento que atua com o objetivo de promover sustentabilidade, preservação ambiental, aliado à organização das ruas, mobilidade urbana, geração de eventos e divulgação do destino. Com mais de 60 empresas, o movimento é composto por três associações: Associação de Hotéis e Pousadas da Praia da Pipa (ASHTEP), Convention Bureau e Visitors e Associação de Bandeirantes. “Dessa forma, o nosso movimento consegue abarcar todos os tipos de negócios que compõem o município”, frisa Wanderson Borges.


Publicidade