Publicidade

Estado de Minas NBA

Bola ao alto para as finais

Recheados de craques Warriors e Celtics fazem hoje a primeira partida da série melhor de sete, em temporada marcada pela retomada do público aos ginásios


02/06/2022 04:00 - atualizado 01/06/2022 22:53

Stephen Curry
O consagrado armador Stephen Curry (Warrios), recordista da NBA em arremessos de três pontos convertidos, e o ala-armador Jaylen Brown (Celtics) são algumas das estrelas que participam das finais do basquete profissional americano (foto: Thearon W. Henderson/Getty Images/AFP)

 
Jaylen Brown
(foto: Michael Reaves/Getty Images/AFP)
 
Golden State Warriors e Boston Celtics iniciam hoje, às 22h (de Brasília), as finais da NBA, competição que é decidida no tradicional modelo melhor de sete jogos. Os dois times têm espinhas dorsais definidas, com boa diferença de idades: o Warriors conta com o “big 3” consagrado, que conquistou a NBA com a equipe em 2015, 2017 e 2018 e foi vice em 2016 e 2019: o armador Stephen Curry, de 34 anos, o ala-armador Klay Thompson, de 32, e o ala-pivô Draymond Green, com a mesma idade de Thompson. O Celtics, por outro lado, tem no armador Marcus Smart, de 28, no ala-armador Jaylen Brown, de 25, e no ala Jayson Tatum, de 24, a base da equipe que busca a glória. 

A temporada 2021/2022, marcada pela retomada integral de torcedores aos ginásios desde a pandemia de COVID-19, começou em 19 de outubro de 2021.

Nos dois casos, há mescla entre jovens e experientes no elenco: no Warriors, comandado pelo técnico Steve Kerr, o ala-armador Jordan Poole, de 22, e o ala canadense Andrew Wiggins, de 27, são destaques. Já o ala-pivô Grant Williams, de 23, e o pivô dominicano Al Horford, de 35, ganham os holofotes pelo Celtics, treinado por Ime Udoka.

O Warriors foi terceiro colocado da Conferência Oeste na temporada regular, com 53 vitórias em 82 partidas. Nos playoffs, a equipe passou por Denver Nuggets (4 a 1 na série melhor de sete partidas), Memphis Grizzlies (4 a 2) e Dallas Mavericks (4 a 1). Já o Celtics, vice-líder do Leste na fase regular, com 51 triunfos, passou nos mata-matas por Brooklyn Nets (4 a 0), Milwaukee Bucks (4 a 3) e Miami Heat (4 a 3).

DOIS CONFRONTOS

Por conta da campanha na fase classificatória, o Warriors poderá sediar um possível sétimo e decisivo jogo da série final em San Francisco, Califórnia. Os times se enfrentaram duas vezes nesta temporada, com uma vitória para cada lado.

Em 17 de dezembro, em Massachusetts, Boston, o Warriors venceu como visitante por 111 a 107, com 30 pontos de Curry. Já em 16 de março, o Celtics foi até San Francisco e bateu os mandantes por 110 a 88, com duplo-duplo de 26 pontos e 12 rebotes de Tatum.O Celtics, do lendário ala-pivô Larry Bird, que atuou entre 1979 e 1972, não disputava uma final de NBA desde 2010, quando foi batido pelo Los Angeles Lakers por 4 a 3 na série, e busca a 18ª conquista, o que recolocaria a franquia como a maior vencedora da liga. 

Nenhum jogador daquela disputa continua no time. Já o Warriors tenta o oitavo título e volta à decisão após três anos, quando foi batido pelo Toronto Raptors por 4 a 2 na série de sete confrontos – Curry, Thompson, Green, Kevon Looney (pivô), Damion Lee (ala-armador), Andre Iguodala (ala) e Kerr são remanescentes de 2019.

Finais da NBA

Horário de Brasília: transmissão em TV aberta (Band) e TV por assinatura (ESPN)
Jogo 1 – 2/6/2022 (hoje), 22h – Golden State Warriors x Boston Celtics
Jogo 2 – 5/6/2022 (domingo), 21h – Golden State Warriors x Boston Celtics
Jogo 3 – 8/6/2022 (quarta-feira), 22h – Boston Celtics x Golden State Warriors
Jogo 4 – 10/6/2022 (sexta-feira), 22h – Boston Celtics x Golden State Warriors
Jogo 5 – 13/6/2022 (segunda-feira), 22h – Golden State Warriors x Boston Celtics*
Jogo 6 – 16/6/2022 (quinta-feira), 22h – Boston Celtics x Golden State Warriors*
Jogo 7 – 19/6/2022 (domingo), 21h – Golden State Warriors x Boston Celtics*
* Caso necessário

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade