Publicidade

Estado de Minas FOCADO NO OBJETIVO

Pezzolano diz que há Cruzeiro titular e explica por que seguirá com rodízio

Treinador pretende continuar testando jogadores e esquemas táticos


03/02/2022 10:12

Paulo Pezzolano comanda treino no Cruzeiro
Paulo Pezzolano tem realizado inúmeros testes no elenco do Cruzeiro (foto: Gustavo Aleixo/Cruzeiro)
Depois de três times titulares diferentes no Cruzeiro para os três primeiros jogos da temporada, o técnico Paulo Pezzolano garantiu que já tem em sua cabeça uma equipe ideal. Contudo, ele explicou, após a derrota celeste por 2 a 0 para o América, nessa quarta (2/2), no Mineirão, o motivo pelo qual não repetirá os 11 iniciais neste momento do Estadual.

"Eu sei que a torcida gosta mais de ver o time titular desde o início, mas se eu começo com o time titular, que tenho na cabeça, e fica titular, e fica titular, e fica titular, vamos chegar muito cansados na Série B", disse o uruguaio. "Preciso continuar vendo os jogadores, para ver como eles competem, se há adaptação ao modelo de jogo", completou.

Desde o início do trabalho, Pezzolano já havia indicado que rodaria o elenco o máximo possível. Diante do América, ele mudou também o esquema tático - deixou o 4-3-3 para testar o 3-5-2. Até aqui, apenas o lateral-esquerdo Rafael Santos e o volante Filipe Machado iniciaram os três jogos do Cruzeiro como titulares. 

"A ideia é seguir vendo jogadores. Vendo também diferentes formações (esquemas) dentro de campo. A ideia, o modelo, vai ser igual, mas às vezes vamos trocar formações também para ver como nos adaptamos a isso. Por que? Porque temos que chegar fortes na Série B. O objetivo do Cruzeiro é subir para a Primeira Divisão", analisou Pezzolano.

Para o compromisso diante da Caldense, no próximo sábado, às 16h30, no Ronaldão, em Poços de Caldas, o Cruzeiro não terá o atacante Waguininho, expulso no início da partida contra o América. Desta forma, já é certo que o time celeste sofrerá modificações entre os titulares. 

Para os lados do setor de ataque, Pezzolano tem à disposição Bruno José, que foi utilizado na partida contra o América. Vitor Leque, que também poderia ser uma opção, deixou a vitória por 1 a 0 sobre o Athletic, no último fim de semana, chorando de dores no tornozelo direito. Ele nem sequer foi relacionado para o jogo contra o América. 

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade