Publicidade

Estado de Minas CAMPEONATO BRASILEIRO

Coelho fica a uma vitória da Libertadores

Vitória do Atlético-GO sobre o Internacional beneficiou o América na luta por uma vaga na Copa Libertadores em 2022


07/12/2021 07:26 - atualizado 07/12/2021 23:37

O técnico Marquinhos Santos
O técnico Marquinhos Santos está a uma vitória de levar o América à inédita disputa da Libertadores em 2022 (foto: João Zebral/América)

O América só depende de seu próprio esforço para confirmar, de forma inédita, a participação na Copa Libertadores. Com o tropeço do Internacional, que levou a virada do Atlético-GO e perdeu por 2 a 1, ontem, no Beira-Rio, o Coelho está mais perto de disputar pela primeira vez a principal competição do continente.


O América se manteve em oitavo lugar, dentro do grupo que garante presença na Libertadores. Com 50 pontos, o Coelho fechará a participação na Série A diante do São Paulo, nesta quinta-feira, às 21h30, no Independência, e alcançará o feito inédito com vitória simples, sem depender de outros resultados. O tricolor, que bateu o Juventude por 3 a 1, no Morumbi, se livrou do risco de rebaixamento e briga pela Sul-Americana.

Com a derrota para o Dragão, o Inter permaneceu com 48 pontos, em 12º lugar. O Colorado ficou atrás do próprio Atlético-GO, que foi a 50, além do Santos, que chegou a 48 com o triunfo sobre o Flamengo (1 a 0), no Maracanã, também nessa segunda-feira.

O Ceará fecha o grupo que ainda briga por vaga na Libertadores, em 10º. O  América conquistou o primeiro objetivo, que era se manter na divisão de elite do Brasileiro. A vaga na Sul-Americana era uma realidade, mas agora o Coelho só depende de vitória simples em casa, na rodada de encerramento, para fechar a temporada de forma ainda mais positiva, com presença na disputa das fases preliminares da Libertadores.

Rebaixamento


Se a briga pela vaga na principal competição do continente será boa, emoção também não faltará na parte de baixo da tabela. Grêmio (18º), Juventude (17º), Bahia (16º) e Cuiabá (15º) vão brigar até o último minuto pela permanência na Séria A em 2022, mas baianos e mato-grossenses dependem apenas de si mesmos para escapar do rebaixamento. Ontem, o Dourado venceu o Fortaleza por 1 a 0 e deum um passo importante para a permanência na elite do futebo brasileiro.

Os gaúchos são os que têm mais probabilidades de queda. Chapecoense e Sport já estão rebaixados.
 

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade