Publicidade

Estado de Minas ATLÉTICO

Atlético: Cuca diz que Diego Costa ainda 'requer cuidado' na parte física

Jogador segue programação especial para evitar lesões


20/09/2021 07:12 - atualizado 20/09/2021 07:20

Diego Costa marcou dois gols em quatro jogos pelo Galo
Diego Costa marcou dois gols em quatro jogos pelo Galo (foto: Pedro Souza/Atlético)
Diego Costa jogou por 62 minutos pelo Atlético na vitória sobre o Sport por 3 a 0, nesse sábado, no Mineirão, pela 21ª rodada do Brasileiro. Foi dele o primeiro gol alvinegro, em finalização de cabeça aos 34 minutos da etapa inicial, após cruzamento de Guilherme Arana. O brasileiro naturalizado espanhol já havia balançado a rede em um belo chute no ângulo em sua estreia - empate por 1 a 1 com o Bragantino, em 29 de agosto, no interior de São Paulo, pela 18ª rodada.

Com quatro partidas a serviço do Galo - uma como titular e três entrando no segundo tempo -, Diego Costa teria condições de suportar 90 minutos em campo? O técnico Cuca deu a entender que o momento ainda "requer cuidado", sobretudo pelo fato de o camisa 19 ter ficado em inatividade desde quando saiu do Atlético de Madrid-ESP, em dezembro de 2020. O alvinegro anunciou o reforço quase oito meses depois, em 14 de agosto de 2021.

"O Diego ficou sete meses sem jogar uma partida. Está treinando com a gente não tem um mês. Após jogos e treinos, é um jogador que requer cuidado, pois é de explosão, é de luta, então essas dores musculares aparecem. A gente tem que tomar muito cuidado com isso. Foi o que fizemos do último jogo para esse e vamos fazer desse para o próximo. Sempre avaliamos os jogadores 24 ou 48 horas após o esforço máximo que eles fazem para saber se eles terão condições de jogar ou não".

Contra o Sport, Diego Costa foi efetivamente o centroavante do Atlético, enquanto Hulk teve liberdade para flutuar pelas pontas e também no meio-campo. O próprio Cuca comentou que a equipe jogou com um ponta-de-lança ao ser questionado sobre a ausência de Nacho Fernández, armador de ofício.

"Pensei no melhor. E, para mim, o melhor era aquilo, dentro das condições que os jogadores apresentaram. Jogamos sem o armador, mas não significa que não tenha o ponta-de-lança. É diferente. O armador é aquele que vai armar, pifar alguém e descobrir alguma jogada, como o Nacho fez dando o passe para o Vargas. O ponta-de-lança vai entrar junto com o centroavante, que foi a jogada feita pelo Hulk no lance do segundo gol".

A estatura de 1,88m e a boa impulsão deu a Diego Costa vantagem no jogo aéreo. Além do gol, ele cabeceou uma bola lançada por Keno à esquerda da meta do Sport. De acordo com o SofaScore, o atacante ganhou dois dos três duelos pelo alto, além de acertar 14 dos 15 passes.

A expectativa dos torcedores é que Diego Costa repita no clube o desempenho a serviço do Atlético de Madrid, pelo qual marcou 83 gols em 215 partidas oficiais. O centroavante também obteve números de respeito no Chelsea - 59 gols em 120 jogos - e na Seleção da Espanha - 10 gols em 26 jogos. Seu contrato com o Galo vai até dezembro de 2022.

A qualidade na montagem do elenco alvinegro reflete nos resultados. No Campeonato Brasileiro, o Atlético é líder isolado, com 45 pontos em 20 jogos (75% de aproveitamento). O time ainda é semifinalista de dois torneios: enfrentará o Palmeiras, nas duas próximas terças-feiras (21 e 28 de setembro), pela Copa Libertadores; e o Fortaleza, nas semanas dos dias 20 e 27 de outubro, pela Copa do Brasil.

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade