Publicidade

Estado de Minas COPA DO BRASIL

Gol no fim e vitória histórica: relembre último Corinthians x América em SP

Coelho conquistou resultado histórico na Copa do Brasil de 2020 diante do Timão


17/09/2021 07:03 - atualizado 17/09/2021 07:14

Com gol heroico de Marcelo Toscano, América conquistou vitória histórica sobre o Corinthians na Copa do Brasil de 2020
Com gol heroico de Marcelo Toscano, América conquistou vitória histórica sobre o Corinthians na Copa do Brasil de 2020 (foto: Divulgação/América)
Neste domingo (19/9), Corinthians e América voltarão a se encontrar na Neo Química Arena, em São Paulo. Antes do confronto pela 21ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro, o torcedor americano se apega a uma lembrança positiva recente: o duelo pela Copa do Brasil de 2020. Na ocasião, com gol de Marcelo Toscano no fim da partida, o Coelho abriu caminho para uma classificação histórica.

Antes de enfrentar o Timão nas oitavas de final, o América deixou Santos-AP, Ferroviária-SP e Ponte Preta pelo caminho. Apesar do bom momento vivido na Série B do Campeonato Brasileiro àquela altura, o Coelho chegava para o confronto como um 'franco-atirador'.

Curiosamente, na oportunidade, Vagner Mancini, atual técnico do clube mineiro, ainda comandava o Corinthians. Para o duelo de ida, em 28 de outubro, ele escalou a equipe paulista com: Cássio; Fagner, Marllon, Gil e Lucas Piton; Xavier, Ramiro, Ederson, Juani Cazares e Mateus Vital; Everaldo.

Por sua vez, Lisca mandou o Coelho a campo com: Matheus Cavichioli; Diego Ferreira, Messias, Anderson e João Paulo; Zé Ricardo, Juninho e Alê; Ademir, Felipe Azevedo e Rodolfo. Destes nomes, apenas o zagueiro Messias - vendido ao Ceará em março - não faz mais parte do elenco alviverde.

O decorrer do confronto revelou um cenário de muito equilíbrio. Com a consistência defensiva que caracterizou o time de Lisca, o Coelho abriu mão da posse de bola e tinha os contra-ataques como estratégia clara para ameaçar a baliza dos paulistas.

Apesar de uma grande diferença na posse (68% a 32% para o Timão), o América foi muito eficiente dentro de sua proposta. Ao todo, foram 14 finalizações do Corinthians (nenhuma em chance clara de gol), contra nove do time mineiro.

No intervalo, Lisca promoveu as entradas de Geovane e Léo Passos nas vagas de Alê e Rodolfo, respectivamente. Mas as substituições decisivas ainda estavam por vir. Com o jogo truncado e tenso na reta final, aos 42min, o treinador convocou Neto Berola e Marcelo Toscano nos lugares de Felipe Azevedo e Ademir, nesta ordem.

Dois minutos depois, o resultado. Em bela jogada pela direita, Berola se desvencilhou de dois marcadores e deu cruzamento na medida. Na área como elemento surpresa, de carrinho, Marcelo Toscano anotou gol marcado na história do América.

O tento selou o resultado final da partida. Na volta, após empate em 1 a 1 no Independência, em Belo Horizonte, o Coelho selou classificação às quartas de final do torneio. A equipe comandada por Lisca ainda ampliaria esta história ao eliminar os gaúchos, mas viu o sonho do título ser finalizado diante do Palmeiras, nas semifinais.

De toda forma, as ótimas lembranças da última visita à Neo Química Arena são esperanças para uma nova noite inspirada em São Paulo. Com boa parte do time titular daquele 28 de outubro de 2020 ainda no elenco, o América espera contar com a experiência de seus 'veteranos' para sair com mais uma vitória da capital paulista.

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade