Publicidade

Estado de Minas CRUZEIRO

Cruzeiro comunica saída do zagueiro Leo após 'avaliações física e técnica'

Defensor deixa o Cruzeiro após 11 temporadas


21/05/2021 07:01 - atualizado 21/05/2021 07:09

Leo deixará a equipe celeste como terceiro maior zagueiro-artilheiro dos 100 anos de história(foto: Bruno Haddad/Cruzeiro)
Leo deixará a equipe celeste como terceiro maior zagueiro-artilheiro dos 100 anos de história (foto: Bruno Haddad/Cruzeiro)
O Cruzeiro comunicou nesta quinta-feira a rescisão de contrato do zagueiro Leo, de 33 anos. Em nota, a diretoria disse que é "momento de responsabilidade financeira" e destacou que "minuciosas avaliações de ordens físicas e técnicas pesaram na tomada de decisão pela não continuação do atleta". O defensor se recupera de uma lesão na cartilagem do joelho direito e tem salário considerado alto para os padrões atuais do time.

De acordo com o Cruzeiro, "a decisão foi feita em comum acordo entre o clube e o jogador, que receberá, em sua integralidade e de forma parcelada, o que lhe é de direito, incluídos os valores de salários que haviam sido parcelados em 2020 e o aumento realizado em 2019, durante a gestão de Wagner Pires de Sá e Itair Machado".

Com o acordo, o defensor deixa o Cruzeiro após 11 temporadas. Leo vestiu a camisa celeste entre 2010 e 2020 - foram 401 jogos e 22 gols marcados. 

Nesse período, o jogador, natural de Belo Horizonte, levantou quatro troféus nacionais: dois da Copa do Brasil (2017 e 2018) e dois do Campeonato Brasileiro (2013 e 2014). Além disso, foi campeão estadual em quatro oportunidades (2011, 2014, 2018 e 2019).

O último jogo de Leo foi em setembro de 2020, quando o Cruzeiro acabou derrotado por 3 a 1 para o CSA, pela 10ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Depois disso, ele chegou a ficar no banco de reservas no reencontro com o clube alagoano, dia 15 de dezembro, no Independência, pela 19ª rodada.

Nos últimos meses, Leo viajou aos Estados Unidos, onde realizou tratamento para uma lesão na cartilagem do joelho direito. Ele se reapresentou na Toca da Raposa II no último dia 5, mas acabou acertando a rescisão do contrato

Em 2020, após o rebaixamento do Cruzeiro para a Série B do Campeonato Brasileiro, clubes como Bahia e Fortaleza sinalizaram interesse na contratação de Leo. O zagueiro, no entanto, optou por seguir na Toca II para ser um dos líderes na reconstrução do clube. 

Além da identificação com o Cruzeiro e os números expressivos, o zagueiro deixará a equipe celeste como terceiro maior zagueiro-artilheiro dos 100 anos de história, abaixo apenas de Cris (25 gols em 260 jogos) e Geraldão (30 gols em 170 jogos).

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade