Publicidade

Estado de Minas FUTEBOL MINEIRO

Pela vitória, a receita do América é brigar por cada bola

O goleiro Matheus Cavichioli apontou do que precisa o América nas partidas que decidirão o Campeonato Mineiro com o Atlético nos dois próximos fins de semana


13/05/2021 13:02 - atualizado 13/05/2021 13:03

Na avaliação do goleiro Matheus Cavichioli, o América está pronto para neutralizar o Galo nas finais do Estadual(foto: ALEXANDRE GUZANSHE/EM/D.A PRESS )
Na avaliação do goleiro Matheus Cavichioli, o América está pronto para neutralizar o Galo nas finais do Estadual (foto: ALEXANDRE GUZANSHE/EM/D.A PRESS )

Técnica, estudo minucioso do adversário e muita entrega em campo. O goleiro Matheus Cavichioli apontou do que precisa o América nas partidas que decidirão o Campeonato Mineiro com o Atlético nos dois próximos fins de semana. Ele afirmou que sua equipe tem totais condições de superar o rival alvinegro, atualmente, um dos clubes com maior capacidade de investimento do Brasil. E disse ver respeito por parte dos jogadores do Galo: “Sabem que temos qualidade”.



Ele pregou humildade, mas confiança. “Segredo… não tem segredo (para bater o Galo). Acho que a vontade de vencer, a entrega que a gente tem, independentemente de valor financeiro, independentemente de nome. A gente tem mostrado o nosso valor pessoal como atleta, como profissional. A gente chega humilde, sabendo que o investimento de lá é maior, que os nomes de lá são mais conhecidos, mas eles nos respeitam bastante também. A gente viu isso na primeira partida. Eles respeitam a equipe do América, respeitam os nossos atletas. Sabem que aqui tem qualidade também, assim como nós sabemos que lá tem”, pontuou.

O goleiro relembrou a partida pela primeira fase do Estadual, quando o América foi superado por 3 a 1 no Mineirão. Em sua avaliação, o time foi ineficiente principalmente na postura defensiva e precisará corrigir alguns pontos para a grande decisão.

“De lições, a gente pega tudo que não conseguimos fazer de produtivo – de criação, de marcação, de pressão na bola, de fechamento de espaços. Parar os contra-ataques deles, que eles têm um contra-ataque muito rápido. Tenho certeza que vamos ver os lances da primeira partida e tirar deles o que a gente não conseguiu fazer”, avaliou.

Análise

 
Cavichioli destacou o trabalho do setor de análise de desempenho do América, que vem auxiliando os atletas a partir de vídeos para indicar pontos fortes e fracos dos adversários. O goleiro revelou também que os jogadores do Coelho assistirão ao confronto entre América de Cali e Atlético, pela Libertadores, às 21h de hoje.

“A gente usa do trabalho prático, em campo, e também um pouco do estudo. A gente estuda bastante também, vê vídeos, acompanha. Vamos ter oportunidade de assistir ao jogo deles para acompanhar esses ataques. Eles têm um poder ofensivo muito forte. A gente vai estudando, vai tirando, extraindo de todas as formas possíveis o que a gente consegue de melhor para segurar esse ataque, que é muito positivo. Nossos analistas de desempenho têm passado muita coisa para a gente chegar com o maior número de chances possíveis para minimizar esse poder ofensivo”, detalha.

O primeiro jogo da final do Campeonato Mineiro será no domingo, às 16h, no Independência. O América terá de tentar tomar a vantagem do Atlético, que, por ter tido a melhor campanha da primeira fase, jogará por dois empates ou uma vitória e uma derrota pela mesma diferença de gols. O segundo confronto será no sábado da próxima semana, no Mineirão.

* Estagiário sob a supervisão do subeditor Eduardo Murta

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade