Publicidade

Estado de Minas Mineiro

Em partida contra Patrocinense, América empata com gol no final

Time do técnico Lisca não consegue passar pela forte marcação do time rival, que vencia até os 45 minutos do 2º tempo, quando o Coelho igualou o marcador


09/04/2021 13:03 - atualizado 09/04/2021 12:53

O atacante Ribamar comemora o tento salvador no fim do jogo, que evitou a derrota do América em casa(foto: Alexandre Guzanshe/EM/D.A Press 8/4/21)
O atacante Ribamar comemora o tento salvador no fim do jogo, que evitou a derrota do América em casa (foto: Alexandre Guzanshe/EM/D.A Press 8/4/21)

Com gol salvador de Ribamar aos 45 minutos do segundo tempo, o América empatou com o Patrocinense nesta quarta, no Independência, em Belo Horizonte, pela 8ª rodada do Campeonato Mineiro. A equipe do interior demonstrou organização e consistência defensiva, mas foi punida pela insistência do Coelho na segunda etapa. Com o resultado, o Coelho se manteve na vice-liderança da competição, com 16 pontos. Apesar disso, tem apenas dois de vantagem para o rival Cruzeiro, 3º colocado. O Patrocinense, por sua vez, segue na briga contra o rebaixamento – com nove pontos, na 10ª posição.



O próximo compromisso do América será diante do Tombense, no domingo, às 18h15. A partida será realizada no Estádio Almeidão, em Tombos. O confronto é válido pela 9ª rodada do Campeonato Mineiro de 2021. Já o CAP enfrentará o Pouso Alegre, também no domingo, às 15h30, no Estádio Pedro Alves do Nascimento, em Patrocínio.

O jogo Desde o início do confronto, o América buscou estabelecer o domínio da posse de bola e ditar o ritmo. No entanto, o Patrocinense demonstrou intensidade e efetividade na marcação, dificultando as progressões da equipe de Lisca em campo. Apesar disso, a equipe do interior cometia muitos erros em suas tentativas de contra-atacar e também não ameaçava.

O decorrer da primeira etapa seguiu na mesma 'toada'. Mesmo com o controle da partida, o América encontrava dificuldades para entrar no último terço e criar boas chances. As melhores “escapadas” saíram com arrancadas do atacante Rodolfo, mais deslocado à direita.

Aos 41 minutos, em excelente trama num contra-ataque, o Patrocinense abriu o placar na primeira boa chance do jogo. Após belo cruzamento rasteiro de Ferrugem pelo lado esquerdo da defesa do América, Jeam apareceu livre na segunda trave e empurrou para as redes de Matheus Cavichioli.
Aos 51 minutos, o lateral-esquerdo João Paulo ameaçou pela primeira vez o gol de Edson com um bom chute de fora da área. O goleiro do Patrocinense espalmou e afastou o perigo. A única boa oportunidade do América na etapa inicial.

 Lisca promoveu a entrada do estreante Bruno Nazário no segundo tempo, na vaga de Marcelo Toscano. Desde seus primeiros movimentos, o meia foi participativo e demonstrou boa qualidade técnica. O América ganhou profundidade na segunda etapa. Chegando com mais fluidez no terço final, a equipe de Lisca passava a encontrar mais passes verticais, mas ainda não levava perigo ao gol de Edson.

Com o passar do tempo, o Patrocinense passou a proteger melhor a própria área e organizar mais seus contra-ataques. Ainda que o Coelho continuasse com o controle da posse, tinha dificuldades para furar a defesa adversária. Aos 20min, o CAP criou duas excelentes oportunidades. Na primeira delas, a defesa americana travou. Na segunda, Cavichioli foi obrigado a fazer excelente defesa em uma cabeçada.

As entradas de Gustavinho e Leandro Carvalho lançaram o América completamente ao ataque. O Coelho apostava em triangulações e povoava mais o campo ofensivo, mas o Patrocinense seguia protegendo muito bem a área. Aos 45 minutos, Ribamar aproveitou bola escorada de Anderson para empurrar para as redes de cabeça. O lance marcou a terceira assistência do zagueiro no Estadual e o primeiro gol do atacante com a camisa do América.

AMÉRICA 1x1 PATROCINENSE

América
Matheus Cavichioli; Joseph (Gustavinho), Eduardo Bauermann, Anderson e João Paulo; Sabino (Diego Ferreira), Juninho, Alê e Marcelo Toscano (Bruno Nazário); Ademir (Leandro Carvalho) e Rodolfo (Ribamar).
Técnicos: Lisca
Patrocinense
Edson; Ferrugem, Alisson, Breno e Jhonatan Moc; Maycon Lucas, Wisley e Íkaro Mychell (Matheus); Jeam, Carrara (Fernando) e Wallace Lima (Giba).
Técnico: Rogério Henrique
Motivo: 8ª rodada do Campeonato Mineiro
Data: quinta-feira, 8 de abril de 2021
Local: Estádio Independência, em Belo Horizonte
Árbitro: Antônio Márcio Teixeira da Silva
Assistentes: Marconi Helbert Vieira e Magno Arantes Lira
Gols: Jeam e Ribamar
Cartão amarelo: Jhonatan Moc (Patrocinense)




*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade