Publicidade

Estado de Minas Campeonato Mineiro

Ribamar marca no fim e evita derrota do América para o Patrocinense

Atacante entrou no segundo tempo e garantiu ponto para o Coelho


08/04/2021 20:51 - atualizado 08/04/2021 20:59

Ribamar marca e garante empate do América contra o Patrocinense no Mineiro (foto: Alexandre Guzanshe/EM/D.A Press)
Ribamar marca e garante empate do América contra o Patrocinense no Mineiro (foto: Alexandre Guzanshe/EM/D.A Press)
Com gol salvador de Ribamar, aos 45 minutos do segundo tempo, o América empatou com o Patrocinense nesta quinta-feira (8/4), no Independência, em Belo Horizonte, pela 8ª rodada do Campeonato Mineiro. A equipe do interior demonstrou organização e consistência defensiva, mas foi punida pela insistência do Coelho na segunda etapa.

Com o resultado, o Coelho se manteve na vice-liderança da competição, com 16 pontos. Apesar disso, tem apenas dois de vantagem para o rival Cruzeiro, 3° colocado. O Patrocinense, por sua vez, segue na briga contra o rebaixamento - com nove pontos, na 10ª posição.

 O próximo compromisso do América será diante do Tombense, no domingo (11), às 18h15. A partida será realizada no Estádio Almeidão, em Tombos. O confronto é válido pela 9ª rodada do Campeonato Mineiro de 2021.

Já o CAP enfrentará o Pouso Alegre, também no domingo, às 15h30, no Estádio Pedro Alves do Nascimento, em Patrocínio.

O jogo


Desde o início do confronto, o América buscou estabelecer o domínio da posse de bola e ditar o ritmo. No entanto, o Patrocinense demonstrou intensidade e efetividade na marcação, dificultando as progressões da equipe de Lisca em campo.

Apesar disso, a equipe do interior cometia muitos erros em suas tentativas de contra-atacar e também não ameaçava. O decorrer da primeira etapa seguiu na mesma 'toada'.

Mesmo com o controle da partida, o América encontrava dificuldades para entrar no último terço e criar boas chances.

As melhores 'escapadas' saíram com arrancadas do atacante Rodolfo, mais deslocado à direita.

Aos 41 minutos, em excelente trama num contra-ataque, o Patrocinense abriu o placar na primeira boa chance do jogo. Após belo cruzamento rasteiro de Ferrugem pelo lado esquerdo da defesa do América, Jeam apareceu livre na segunda trave e empurrou para as redes de Matheus Cavichioli.

Aos 51 minutos, o lateral-esquerdo João Paulo ameaçou pela primeira vez o gol de Edson com um bom chute de fora da área. O goleiro do Patrocinense espalmou e afastou o perigo. A única boa oportunidade do América na etapa inicial.

Segundo tempo


No intervalo, Lisca promoveu a entrada do estreante Bruno Nazário na vaga de Marcelo Toscano.

Desde seus primeiros movimentos, o meia foi participativo e demonstrou boa qualidade técnica. O América ganhou profundidade na segunda etapa.

Chegando com mais fluidez no terço final, a equipe de Lisca passava a encontrar mais passes verticais, mas ainda não levava perigo ao gol de Edson.

Com o passar do tempo, o Patrocinense passou a proteger melhor a própria área e organizar mais seus contra-ataques.

Ainda que o Coelho continuasse com o controle da posse, tinha dificuldades para furar a defesa adversária. Aos 20min, o CAP criou duas excelentes oportunidades. Na primeira delas, a defesa americana travou. Na segunda, Cavichioli foi obrigado a fazer ótima defesa em uma cabeçada.

As entradas de Gustavinho e Leandro Carvalho lançaram o América completamente ao ataque. O Coelho apostava em triangulações e povoava mais o campo ofensivo, mas o Patrocinense seguia protegendo muito bem a área.

Aos 45 minutos, Ribamar aproveitou de escorada de Anderson para empurrar para as redes de cabeça. O lance marcou a terceira assistência do zagueiro no Estadual e o primeiro gol do atacante com a camisa do América.

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade