Publicidade

Estado de Minas CRUZEIRO

Conceição analisa jejum de atacantes do Cruzeiro: 'Todos marcam e atacam'

Até aqui, marcaram gols o zagueiro Manoel, o lateral Cáceres e o meia Marcinho


09/03/2021 07:45 - atualizado 09/03/2021 07:48

Felipe Conceição comentou 'jejum' de gols dos atacantes celestes(foto: Gustavo Aleixo/Cruzeiro)
Felipe Conceição comentou 'jejum' de gols dos atacantes celestes (foto: Gustavo Aleixo/Cruzeiro)
Felipe Conceição minimizou o fato de os atacantes do Cruzeiro ainda não terem balançado a rede nesta temporada. Até aqui, só marcaram gols o lateral-direito Raúl Cáceres, no empate por 1 a 1 com o Uberlândia, além do zagueiro Manoel e do meia Marcinho, ambos na vitória por 2 a 0 sobre a URT, no último sábado.

Adepto de uma filosofia de jogo agressiva, Felipe analisou que, no futebol que ele quer que o Cruzeiro pratique, os atacantes têm outras funções além de só balançar a rede. 

“Eu acho que fomos eficientes (no jogo contra a URT). Vamos procurar sempre melhorar. O placar do jogo foi bem satisfatório, da maneira que foi construída a vitória. Independe quem faz o gol, é um futebol onde todos marcam e atacam”, destacou. 

“Para mim, o atacante tem outras funções a fazer além do gol. E na hora certa, vai sair também os gols dos atacantes. Mas isso não importa para a gente. Importa é trabalhar, cumprir função e é isso que cobramos dele”, complementou.

O Cruzeiro tem 11 atacantes no elenco. Até aqui, já receberam oportunidades Rafael Sobis, William Pottker, Felipe Augusto, Airton, Marcelo Moreno, Thiago, Bruno José e Welinton. Nenhum dos oito conseguiu marcar em 2021. 

A nova oportunidade será já nesta quinta-feira, desta vez em jogo pela Copa do Brasil. Na quinta-feira, o Cruzeiro mede forças com o São Raimundo, de Roraima, pela primeira fase da competição mata-mata. O jogo está marcado para as 19h15, no estádio Canarinho, em Boa Vista.

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade