Publicidade

Estado de Minas SÉRIE B

América empata com lanterna Oeste e perde chance de encostar na liderança da Série B

Em jogo sem emoções, Coelho cede empate por 1 a 1, na Arena Barueri


28/11/2020 04:00 - atualizado 28/11/2020 12:23

O América, de Felipe Azevedo, ficou no 1 a 1 com o Oeste fora de casa e perdeu a chance de colar no líder(foto: ESTEVÃO GERMANO/AMÉRICA)
O América, de Felipe Azevedo, ficou no 1 a 1 com o Oeste fora de casa e perdeu a chance de colar no líder (foto: ESTEVÃO GERMANO/AMÉRICA)
 
 
Em jogo fraco tecnicamente, o América ficou no empate por 1 a 1 com o Oeste, ontem, na Arena Barueri, pela 24ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, e perdeu a oportunidade de colar no líder, Chapecoense, e se distanciar do Sampaio Corrêa, terceiro.

O Coelho mostrou ofensividade no início do primeiro tempo diante do lanterna da competição, teve um gol anulado e saiu na frente com Ademir,  após falha da defesa. No entanto, logo em seguida, Matheus Cavichioli também errou, cometeu pênalti em Fábio, que converteu e definiu o placar.

Com o resultado, o América segue na vice-liderança, com 44 pontos, três a menos que a Chape. Se tivesse vencido, o time de Lisca ficaria a apenas um de distância da equipe catarinense, que joga hoje, às 20h, contra o Avaí, na Ressacada. Sampaio Corrêa (41), que surpreendentemente perdeu em casa para o Brasil de Pelotas por 1 a 0, e Cuiabá completam o G-4. Na rodada seguinte, o América tem clássico contra o Cruzeiro, na quarta-feira, às 21h30, no Independência.

Em primeiro tempo equilibrado e de poucas emoções, o Coelho chegou a balançar a rede aos 9 minutos. Após cobrança de falta de João Paulo, Rodolfo recebeu desvio de Messias e completou para o gol. Porém, antes da finalização do centroavante, o árbitro assinalou falta do zagueiro. Aos 13min, o Coelho teve grande chance de anotar o primeiro, mas o goleiro Caíque França fez excelente defesa em finalização de Felipe Azevedo. O Oeste respondeu em cabeceio de Fábio, que mandou perto do travessão.

CONTUNDIDO

Aos 19 minutos, Zé Ricardo voltou a acusar lesão muscular na coxa esquerda e deixou o time para a entrada de Flávio. Mais incisivo, o Coelho se beneficiou de falha do adversário e abriu o placar dez minutos mais tarde. Messias fez longo lançamento, Caetano tentou recuar para Luanderson, que furou o cabeceio. Ligeiro, Ademir ficou com a bola na entrada da grande área e bateu no canto direito, na saída de Caíque França: 1 a 0.

O Coelho, porém, cedeu o empate também em erro individual. Matheus Cavichioli saiu do gol para interceptar um cruzamento, segurou, mas deixou a bola escapar nos pés do atacante Fábio e acabou cometendo pênalti na tentativa de recuperação. O próprio Fábio foi para a cobrança, aos 29min, e bateu forte no meio: 1 a 1.

O ritmo no segundo tempo caiu. Os times pecaram bastante com passes errados e não conseguiram criar oportunidades. Lisca ainda promoveu duas alterações no América em busca de mais efetividade no ataque: Calyson e Léo Passos nas vagas de Alê e Rodolfo. No entanto, as mexidas não aumentaram o poderio americano. Marcelo Toscano e Neto Berola – saíram Felipe Azevedo e Ademir –, quase ao fim, foram as últimas apostas do treinador. Mas sem alterar o ritmo do time mineiro.

FICHA TÉCNICA
OESTE 1 X 1 AMÉRICA
Oeste: Caíque França; Matheus Rocha, Vitão, Luanderson e Caetano; Yuri (Lídio), Caio e Kauã Jesus (Tite, depois Bruno Alves); Pedrinho, Bruno Lopes (De Paula) e Fábio
Técnico: Roberto Cavalo 
América: Matheus Cavichioli; Daniel Borges, Messias, Anderson e João Paulo; Zé Ricardo (Flávio), Juninho e Alê (Calyson); Ademir (Neto Berola), Felipe Azevedo (Marcelo Toscano) e Rodolfo (Léo Passos)
Técnico: Lisca
24ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro
Estádio: Arena Barueri
Gols: Ademir 25 e Fábio 29 do 1º
Árbitro: Denis da Silva Ribeiro Serafim (AL)
Assistentes: Pedro Jorge Santos de Araujo (AL) e Brigida Cirilo Ferreira (AL)
Cartão amarelo: Matheus Cavichioli, Vitão e Bruno Lopes
Próximos jogos do América: Cruzeiro (c), CSA (f), Sampaio Corrêa (c)

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade