Publicidade

Estado de Minas SÉRIE B

América agora volta atenção para decisão de quarta com Inter

Coelho permanece em segundo lugar na Segundona, com 37 pontos, sete a menos que a líder Chapecoense


15/11/2020 13:34 - atualizado 15/11/2020 14:11

Fora de casa e contra um adversário do topo da tabela, o 0 a 0 acabou sendo valorizado pelo alviverde mineiro(foto: ESTEVÃO GERMANO/AMÉRICA)
Fora de casa e contra um adversário do topo da tabela, o 0 a 0 acabou sendo valorizado pelo alviverde mineiro (foto: ESTEVÃO GERMANO/AMÉRICA)

Em confronto direto pela vice-liderança da Série B do Campeonato Brasileiro, melhor para o América, que ficou no empate com o Cuiabá, neste sábado, na Arena Pantanal, na capital do Mato Grosso. Em jogo de ritmo lento e de poucas emoções, as equipes não saíram do 0 a 0. Com o resultado, o Coelho se manteve à frente do adversário na tabela.
 
 
O alviverde permaneceu em segundo lugar na Segundona, com 37 pontos, sete a menos que a líder Chapecoense. O Cuiabá é o terceiro colocado, com a mesma pontuação do time mineiro, mas leva desvantagem nos critérios de desempate.
 
O próximo compromisso do América na Série B será contra o Operário, no sábado, em Ponta Grossa, no Paraná. Antes, a equipe de Lisca enfrenta o Internacional pelo duelo de volta das quartas de final da Copa do Brasil. Com a vantagem de jogar pelo empate devido à vitória por 1 a 0 no Beira-Rio, o Coelho decide a vaga na quarta-feira, às 21h30, no Independência.
 
Ontem, em primeiro tempo de baixa intensidade, o América teve mais volume ofensivo e liderou as finalizações (8 a 5), enquanto o Cuiabá dominou a posse de bola (54%). O Coelho chegou a balançar a rede aos 10 minutos, com Ademir, que desviou chute cruzado de Rodolfo. No entanto, a arbitragem assinalou impedimento no lance.
 
Sem pressa na construção das jogadas, cadenciando os passes na intermediária adversária, o time mineiro voltou a ameaçar só aos 39 minutos. Ademir bateu de fora da área e João Carlos espalmou.  Geovane pegou o rebote, mas pecou na finalização e mandou longe do gol. Pelo lado do Cuiabá, Marcinho foi o mais efetivo no ataque e obrigou Matheus Cavichioli a realizar boa defesa aos 16 minutos.

RITMO LENTO
O segundo tempo na Arena Pantanal continuou morno. O Cuiabá assustou em cobrança de falta de Elvis, em que Cavichioli mandou a escanteio, e no cabeceio de Anderson Conceição, que passou perto da trave. Aos 19 minutos, o América perdeu o volante Zé Ricardo, com incômodo na coxa, e teve a entrada de Flávio. Alê e Marcelo Toscano nas vagas de Geovane e Felipe Azevedo foram outras mexidas do Coelho na busca por maior ímpeto ofensivo para a reta final da etapa.
 
Posteriormente, Cauan de Almeida, substituto do suspenso Lisca, sacou João Paulo e Rodolfo e mandou a campo Vitão e Sávio. As mudanças, porém, não aumentaram a intensidade americana no jogo. Pelo contrário, a equipe recuou e administrou o resultado. Aos 41 minutos, o Cuiabá voltou a ameaçar em cobrança de falta de Elvis, mas o placar na Arena Pantanal não saiu do zero.

FICHA TÉCNICA
CUIABÁ 0 X 0 AMÉRICA
CUIABÁ : João Carlos; Hayner, Ednei, Anderson Conceição e Romário; Auremir, Matheus Barbosa (Nenê Bonilha) e Elvis; Felipe Ferreira (Yago), Marcinho (Maxwell) e Élton
Técnico: Franco Muller 
América: Matheus Cavichioli; Diego Ferreira, Messias, Anderson e João Paulo (Sávio); Zé Ricardo (Flávio), Juninho e Geovane (Alê); Ademir, Rodolfo (Vitão) e Felipe Azevedo (Marcelo Toscano)
Técnico: Cauan de Almeida (interino)
21ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro
Estádio: Arena Pantanal
Árbitro: Ivan da Silva Guimarães Junior (AM)
Assistentes: Cipriano da Silva Sousa e Natal da Silva Ramos Júnior (TO)
Cartão amarelo: Auremir
Próximos jogos do América: Operário (f), Juventude (c), Oeste (f)

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade