Publicidade

Estado de Minas ATLÉTICO

200 dias de obras da Arena MRV: veja números e perspectivas para o estádio do Atlético

Segundo o clube, atividades de terraplenagem estão 82% concluídas


05/11/2020 18:20 - atualizado 05/11/2020 18:28

Obras da Arena MRV, do Atlético, completam 200 dias nesta quinta-feira(foto: Juarez Rodrigues/EM/D.A Press)
Obras da Arena MRV, do Atlético, completam 200 dias nesta quinta-feira (foto: Juarez Rodrigues/EM/D.A Press)
Em 20 de abril, o sonho da casa própria se tornou mais concreto para o Atlético. Naquela data, o clube dava início às obras da Arena MRV, cuja inauguração está prevista para 2022. Passados 200 dias desde o começo das atividades de limpeza do terreno e terraplenagem, foram divulgados números sobre o estádio.

Segundo o Atlético, o cronograma mais recente está sendo cumprido rigorosamente. Portanto, 82% do trabalho de terraplenagem está concluído. “As contenções e fundações sendo feitas no prazo e, agora, nos preparamos para receber o que chamamos de superestruturas, que são essenciais para começar a dar ‘cara’ ao estádio”, afirma o CEO da Arena MRV, Bruno Muzzi, ao site do clube.

- 380 mil m³ do terreno foram escavados (equivalente a 152 piscinas olímpicas)
- 285 mil m³ de terra no aterro
- 260 metros alcançados na montagem do ARMCO, responsável pela captação das águas pluviais e canalização do córrego Tejuco, que corta o terreno
- 500 empregos diretos e indiretos foram criados (300 estão ativos atualmente nas obras - expectativa é que número chegue a 700 no pico da obra)

Próximos passos

Para os próximos dias de obras, o cronograma aponta o início das montagens dos pré-moldados de concreto e das estruturas metálicas, além da continuidade dos trabalhos de fundação profunda e instalação de 400 blocos da fundação rasa.

Pelo planejamento, o período de chuvas - que se aproxima em Belo Horizonte - não atrasará as obras. “Fizemos todo o projeto pensando também na época da chuva. Além de abrirmos outras frentes de trabalho, como as fundações, calculamos a continuidade do serviço de terraplenagem com base na média histórica de chuva desse período. Com esse cálculo, conseguimos planejar quantos dias efetivos de terraplenagem teremos, sem prejudicar o cronograma final”, disse o diretor de engenharia da Arena MRV, Carlos Antônio Pinheiro, ao site do Atlético.

Vendas

O clube já lucra com o estádio antes da inauguração, como mostram dados divulgados nesta quinta-feira:

- Mais de mil cadeiras vendidas
- 92% dos camarotes vendidos

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade