Publicidade

Estado de Minas VÔLEI

Troféu Super Vôlei começa hoje em Belo Horizonte

Torneio reúne os oito melhores times da última edição da Superliga Masculina e será decidido no sábado


21/10/2020 04:00 - atualizado 21/10/2020 08:15

(foto: Orlando Bento/Minas Tênis Clube)
(foto: Orlando Bento/Minas Tênis Clube)

Belo Horizonte e a Arena Minas foram escolhidas para sediar o primeiro torneio nacional de vôlei na temporada 2020/2021. Começa hoje e vai até sábado o Troféu Super Vôlei Masculino, que reunirá as oito equipes mais bem colocadas na última edição da Superliga Nacional.

Neste primeiro dia, Sesi-SP x Blumenau-SC, às 19h, e Taubaté-SP x Ribeirão-SP, às 21h30. Amanhã, será a vez dos times mineiros: Minas x Campinas-SP, às 19h, e Cruzeiro x América/Montes Claros (que entrou no lugar do Itapetininga, fora por causa de surto de COVID-19 no grupo), às 21h30.

A competição tem uma fórmula diferente. Na primeira fase, os times fazem apenas uma partida – os jogos foram definidos por sorteio. Os vencedores se classificam para as semifinais, que serão disputadas na sexta-feira, às 19h e às 21h30. Quem passar faz a final no sábado, às 21h30.

Pelos cruzamentos pré-estabelecidos, existe a possibilidade de que a decisão do título seja entre Cruzeiro e Minas, que não se enfrentarão nas semifinais.

A exemplo do que ocorreu no Campeonato Mineiro, por causa da pandemia do novo coronavírus, todos os jogos serão sem público – terão transmissão do SporTV. Além disso, seguindo protocolo de prevenção à COVID-19, não haverá troca de quadra a cada set, com os times permanecendo do mesmo lado durante toda a partida.

Os jogadores que ficam no banco de reservas, assim como os treinadores e integrantes das comissões técnicas, são obrigados a usar máscaras.

Favoritos


Duas equipes despontam como favoritas, Cruzeiro e Campinas. No fim de semana, os dois conquistaram seus respectivos estaduais. O time celeste derrotou o Minas na decisão do Mineiro, por 3 a 1, em jogo único, enquanto no Paulista o Campinas fechou a série contra o Taubaté em 2 a 0 (3 a 2 no primeiro duelo e 3 a 1 no segundo).

Para o levantador celeste Cachopa, o Mineiro serviu para testar a equipe: “Jogamos muito bem a final, sacamos pesado e colocamos pressão para não dar chances ao Minas. Antes disso, tivemos confrontos complicados, principalmente na semifinal. Mas o mais interessante desses primeiros jogos foi ver a personalidade que a nossa equipe está criando. Um grupo com volume de jogo, aguerrido, que briga por toda bola. Estamos encontrando a cara do time”.

O técnico Nery Tambeiro, do Minas, aposta na qualidade de seu time para tentar chegar à final do torneio: “A nossa expectativa é a melhor possível. Temos uma equipe para brigar pelas primeiras posições e até almejar estar na final. Precisamos de tempo para estar no nosso melhor, mas esse deve ser o problema de praticamente todas as equipes. Não tivemos amistosos e tiramos as primeiras impressões e avaliações durante o Mineiro. Temos muito a crescer individualmente e como equipe. Isso nos credencia a estar na final”.

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade