UAI
Publicidade

Estado de Minas ESCÂNDALO DO ASSÉDIO SEXUAL

Caixa: 'Pedro Guimarães tem artilharia contra Bolsonaro, mas não vai usar'

'Pedrinho é bolsonarista raiz, não vai estragar ainda mais o jogo faltando menos de 100 dias para as eleições', diz integrante do Planalto


05/07/2022 07:18 - atualizado 05/07/2022 07:56

Pedro Guimarães sorri em cerimônia no Planalto
(foto: VALTER CAMPANATO/AGÊNCIA BRASIL)


"O Palácio do Planalto já foi avisado de que não precisa se preocupar com Pedro Guimarães, defenestrado da presidência da Caixa Econômica Federal devido a acusações de assédios sexual e moral contra funcionários da instituição", afirma o Blog do Vicente, do Correio Braziliense.
 
Segundo Rosana Hessel, que assina o Blog, "Guimarães tem artilharia pesada para disparar em direção ao presidente Jair Bolsonaro, (...) mas não quer dar mais munição aos opositores do governo, em especial, ao ex-presidente Lula, que lidera todas as pesquisas de intenção de votos na corrida pela Presidência da República."

De acordo com a jornalista, "o ex-presidente da Caixa cumpriu uma série de determinações de Bolsonaro, muitas nada abonadoras. Por isso, o chefe do Executivo sempre foi complacente com o subordinado, apesar dos muitos alertas de que 'Pedro Maluco' estava passando de todos os limites na gestão do banco público."

"Como diz um integrante do Planalto, 'Pedrinho é bolsonarista raiz, não vai estragar ainda mais o jogo faltando menos de 100 dias para as eleições'". E completa: "Mas sempre é bom desconfiar. Recalques e a sensação de abandono sempre falam mais alto."

Leia o post completo aqui.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade