UAI
Publicidade

Estado de Minas ELEIÇÕES 2022

Lula ou Bolsonaro? Disputa gera lucro aos vendedores ambulantes

Em pré-campanha, comerciantes têm faturado com bandeiras e toalhas dos pré-candidatos à Presidência


03/07/2022 13:27 - atualizado 03/07/2022 15:03

Bandeiras do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT)
Bandeiras dos pré-candidatos à presidência Lula e Bolsonaro, em Ribeirão das Neves (foto: Helvécio Carlos/EM/D.A Press)
Enquanto a disputa às eleições deste ano, que ocorre em outubro, começa a esquentar, vendedores ambulantes já estão a todo vapor. Espalhados nas ruas de Belo Horizonte e Região Metropolitana, vários deles investem na polarização do pleito entre Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e Jair Bolsonaro (PL). Os dois pré-candidatos à Presidência se destacam à frente nas pesquisas eleitorais e têm levado lucro aos comerciantes.

Cada um faz o que pode para se beneficiar com o pleito. No caso do autônomo Emerson Farias, 22 anos, paraibano que mora em Ribeirão das Neves, ele vende bandeiras com imagens de Lula e Bolsonaro. 

Segundo ele, a preferência entre os pré-candidatos depende da localização onde monta seu varal com as bandeiras. “Quando vou para a região de Nova Lima ou Estou nas proximidades da Cidade Administrativa, a preferência é por Bolsonaro. Aqui, em Neves, Lula”, disse.

De acordo com o comerciante, em apenas duas horas em frente ao condomínio Vale das Acácias, havia vendido sete bandeiras do petista por R$ 45. Por semana, ele vende dez dúzias.

Lula na frente das pesquisas

Conforme apontou a mais recente pesquisa do Instituto Datafolha para presidente, divulgada na última sexta-feira (1°/7), Lula lidera as intenções de voto em Minas Gerais, com 48%, em São Paulo, com 43%, e também no Rio de Janeiro, com 41%. Já Bolsonaro vem em seguida nos três estados, com 28%, 30% e 34%, respectivamente. 

Enquanto Ciro Gomes, do PDT, aparece em terceiro, com 8% tanto em Minas, como em São Paulo e Rio.

Foram apresentados aos eleitores como pré-candidatos: Lula, Bolsonaro, Ciro, André Janones (Avante), Simone Tebet (MDB), Luciano Bivar (União Brasil), Felipe D'Ávila (Novo), Eymael (DC), Pablo Marçal (Pros), General Santos Cruz (Podemos), Leonardo Péricles (UP), Sofia Manzano (PCB) e Vera Lúcia (PSTU).
 

Pesquisa estimulada de intenções de voto no 1º turno

Minas

  • Lula (PT): 48%
  • Jair Bolsonaro (PL): 28% 
  • Ciro Gomes (PDT): 8%
  • André Janones (Avante): 3%
  • Simone Tebet (MDB): 2%
  • Vera Lúcia (PSTU): 1%
Os votos em branco/nulo/nenhum somam 6%. Os que não souberam responder
representam 4%.

Não pontuaram Sofia Manzano (PCB), Felipe D'Ávila (Novo), General Santos Cruz (Podemos), Luciano Bivar (UB), Eymael (DC), Pablo Marçal (Pros) e Leonardo Péricles (UP).
 

São Paulo

  • Lula (PT): 43%
  • Jair Bolsonaro (PL) 30%
  • Ciro Gomes (PDT): 8%
  • Simone Tebet (MDB): 3%
  • André Janones (Avante): 2%
  • Vera Lucia (PSTU): 1%
  • Pablo Marçal (Pros): 1%
  • Felipe d’Ávila (Novo): 1%
  • Eymael (Democracia Cristã): 0%
  • Sofia Manzano (PCB): 0%
  • General Santos Cruz (Podemos): 0%
  • Leonardo Péricles (UP): 0%
  • Luciano Bivar (União Brasil): 0%
  • Em branco/nulo/nenhum: 9%
  • Não sabe: 2%
 

Rio de Janeiro

  • Lula (PT): 41%
  • Jair Bolsonaro (PL) 34%
  • Ciro Gomes (PDT): 8%
  • Simone Tebet (MDB): 2%
  • André Janones (Avante): 1%
  • Vera Lucia (PSTU): 1%
  • Sofia Manzano (PCB): 1%
  • Felipe d’Ávila (Novo): 1%
  • Pablo Marçal (Pros): 0%
  • Eymael (Democracia Cristã): 0%
  • General Santos Cruz (Podemos): 0%
  • Leonardo Péricles (UP): 0%
  • Luciano Bivar (União Brasil): 0%
  • Em branco/nulo/nenhum: 7%
  • Não sabe: 3%

Pesquisa


Os dados são do Datafolha, que entrevistou 1.806 eleitores de terça (28/6) a quinta-feira (30/6). Com uma margem de erro de dois pontos percentuais, a pesquisa, contratada pela Folha, está registrada no Tribunal Superior Eleitoral sob o número SP-02523/2022. 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade