UAI
Publicidade

Estado de Minas ELEIÇÕES

DiCaprio reforça último dia para jovens tirarem o título: 'Ouça a Anitta'

Jovens de 16 e 17 anos, que têm a opção de escolher, podem tirar o título de eleitor até às 23h59 desta quarta-feira (4/5)


04/05/2022 14:02 - atualizado 04/05/2022 14:32

Leonardo DiCaprio e Anitta
Leonardo DiCaprio e Anitta se unem para incentivar jovens a tirarem o título de eleitor no Brasil (foto: AFP)

O ator de Hollywood Leonardo DiCaprio está empenhado em ajudar a cantora Anitta a incentivar os jovens de 16 e 17 anos a tirarem o título de eleitor, opcional nesta faixa etária. Nesta quarta-feira (4/5), último dia para este público acessar o sistema do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e participar das eleições deste ano, o astro elogiou a brasileira e compartilhou um site para que os jovens possam tirar o documento.

Anitta divulgou uma série de tuítes dizendo que teve uma conversa com DiCaprio sobre a importância do voto dos jovens e também sobre a floresta Amazônica na noite do Met Gala, o tradicional baile beneficente do Metropolitan Museum of Art, em Nova York.


DiCaprio elogiou a cantora. “O compromisso da @anitta com a democracia é inspirador. Conversar com artistas talentosos e comprometidos em ajudar a salvar o planeta me traz esperança de um futuro melhor. Ouça a Anitta e tire seu título até às 23:59 de hoje em http://olhaobarulhinho.com #TiraOTituloHoje”, escreveu.

 
Anitta ainda negociou com seus quase 17 milhões de seguidores no Twitter que vai soltar mais informações dessa nova amizade com o ator depois que passar o prazo para tirar o título de eleitor, nesta quarta-feira (4/5). “Tenho outras ideias do que pedir. Mas só vou fazer isso se depois que passar o prazo pra tirar o título eu ver que muito mais gente fez seu documento. Fechado? Vambora você eu e @LeoDiCaprio salvar esse país?”, brincou fazendo referência à fala da influenciadora Jade Picon, que viralizou durante o Big Brother Brasil. 

Bolsonaro reagiu

Bolsonaro, no entanto, não gostou das críticas e da parceria entre Anitta e Leonardo Dicaprio e foi às redes sociais responder. “Fico feliz que tenha falado com um ator de Hollywood, @Anitta, é o sonho de todo adolescente. Eu converso com milhares de brasileiros todos os dias. Não são famosos, mas são a bússola para nossas decisões, pois ninguém defende e sabe mais sobre o Brasil do que seu próprio povo”, debochou.
 
“Justamente por sabermos da importância da natureza que Deus nos deu, em especial da NOSSA Amazônia, temos a matriz energética mais limpa entre os países do G20 e mantemos mais de 60% da nossa vegetação nativa intacta. Ninguém preserva mais que nós! Talvez o Leo não saiba disso”, ironizou o presidente.
 
“Que bom que concordam comigo sobre incluir os jovens nas decisões dos rumos do país. Certamente também concordam que aqueles que escolhem o caminho do mal, do homicídio, do estupro, também são maduros para responder pelos seus atos. Grandes poderes, grandes responsabilidades”, afirmou.

“Espero que a Anita tenha aproveitado a oportunidade para aconselhar Leo a abrir mão de seus jatinhos e iate. Esses veículos soltam mais CO2 na atmosfera em um dia do que dezenas de famílias brasileiras em um mês. Antes de sair dando lição, é preciso dar o exemplo. Boa noite!”, concluiu.

Campanha 

Em fevereiro, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) registrou a menor porcentagem de adolescentes de 16 e 17 anos com título de eleitor desde a conquista do direito ao voto para essa faixa etária na Constituição de 1988.
 
De acordo com o órgão, pouco mais de 13% estavam aptos para votar nas eleições de 2022 naquele momento. Por isso, celebridades vêm incentivando adolescentes a tirar o título de eleitor. A campanha teve início com a cantora Anitta, que se posicionou contra o governo do presidente Jair Bolsonaro (PL).
 
A mensagem da campanha encabeçada pelos influenciadores é “fazer a diferença” e retirar o poder de Bolsonaro por meio do voto dos jovens. Recentemente, os cantores Criolo, Gloria Groove, Emicida, Pabllo Vittar, a banda Fresno, Marcelo D2, Rael, Marina Sena, entre outros, fizeram uma campanha intensa no festival Lollapalooza contra as ações do governo e a favor do título de eleitor dos jovens.
 
Além deles, vários influenciadores vêm incentivando a campanha. Entre eles, o youtuber Felipe Neto, que já se envolveu em polêmicas com a família do presidente Bolsonaro. Segundo o TSE, depois da campanha, o número de novos títulos de adolescentes de 15 a 17 anos passou de 199.667 em fevereiro para a marca de 290.783 em março, crescimento superior a 45%.

O prazo estipulado pelo TSE para que jovens tirem o título vence hoje (4/5), acesse este link para tirar o título.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade