UAI
Publicidade

Estado de Minas ELEIÇÕES 2022

Moro sobre Bolsonaro: 'Falta coragem. Já é covarde na Austrália'

Ex-juiz acusou o presidente de orquestrar uma série de ataques contra ele via redes sociais


20/01/2022 18:47 - atualizado 20/01/2022 20:13

Moro aperta as mãos de Bolsonaro. Os dois sorriem
Ex-juiz Sergio Moro foi ministro da Justiça no governo de Jair Bolsonaro (foto: EVARISTO SÁ/AFP)
O ex-juiz Sergio Moro acusou, nesta quinta-feira (20/1), o presidente Jair Bolsonaro (PL) de orquestrar uma série de ataques contra ele via redes sociais. 
De acordo com Moro, que deve ser candidato nas eleições presidenciais deste ano, Bolsonaro não tem coragem de o atacar pessoalmente.

“Como lhe falta coragem, Bolsonaro terceirizou seus ataques a mim. Mandou um produtor de fake news do outro lado do mundo preparar um vídeo cheio de mentiras e teorias da conspiração. Bolsonaro já é covarde na Austrália”, escreveu.
 
 
 
No post, Moro cita o vídeo gravado por um apoiador do presidente morador da Austrália que crítica o ex-ministro com mensagens vazadas da Operação Lava-Jato. As imagens viralizaram nas redes sociais.

O possivel pré-candidato ficou conhecido por comandar, entre março de 2014 a novembro de 2018, em primeira instância, os processos relacionados aos crimes identificados na Lava-Jato, envolvendo grande número de políticos, empreiteiros e empresas.

Moro e Bolsonaro têm uma relação conturbada desde a saída do ex-juiz do Ministério da Justiça. Ao deixar a pasta, Moro acusou o chefe do Executivo de interferir em investigações da Polícia Federal (PF) para ajudar os filhos.



receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade