UAI
Publicidade

Estado de Minas CPI DA COVID

Carlos Bolsonaro quer investigação de Omar Aziz e Renan Calheiros no STF

De acordo com o vereador, o presidente e relator da CPI da COVID cometerem prevaricação e violação de sigilo funcional enquanto estavam à frente da comissão


25/11/2021 16:52 - atualizado 25/11/2021 17:18

Carlos Bolsonaro em plénario
Carlos Bolsonaro (foto: REDES SOCIAIS/REPRODUÇÃO)
O filho “02” do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e vereador pelo Rio de Janeiro, Carlos Bolsonaro (Republicanos), apresentou ao Supremo Tribunal Federal uma notícia-crime pedindo a investigação de Renan Calheiros (MDB-AL) e Omar Aziz (PSD-AM), enquanto estavam à frente da CPI, por prevaricação e violação de sigilo funcional.
 

De acordo com o documento enviado ao STF, Renan e Omar levantaram suspeitas de que as investigações não seriam conduzidas na forma prevista em lei.
 
“A CPI da Pandemia iniciou os trabalhos deixando claro que seria utilizada em desacordo com o ordenamento jurídico, com os noticiados conduzindo as investigações de acordo com os seus próprios interesses políticos e pessoais”, afirmou Carlos no texto.
 
Ainda segundo Carlos, o relatório final aprovado pela maioria da CPI “distribuiu a granel, sem a observância de qualquer critério jurídico-penal, os mais variados crimes, sugerindo o indiciamento de dezenas de pessoas”, dentre as quais ele mesmo.
 
A ação vai ser enviada para a Procuradoria-Geral da República, responsável por determinar a adequada apuração dos fatos.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade