UAI
Publicidade

Estado de Minas CRISE ENTRE OS PODERES

Políticos reagem a ataques de Bolsonaro ao STF: 'Ditador igual a Chávez'

Presidente disse neste sábado (14/8) que vai ao Senado pedir abertura de processo contra ministros do STF Alexandre de Moraes e Luís Roberto Barroso


14/08/2021 10:22 - atualizado 14/08/2021 10:46

(foto: Agência Brasil)
(foto: Agência Brasil)
O presidente Jair Bolsonaro disse que vai pedir ao Senado abertura de um processo de impeachment contra os ministros do STF Alexandre de Moraes e Luís Roberto Barroso. A afirmação foi feita nesta manhã de sábado (14/08) em redes sociais, onde pouco depois vários políticos reagiram à declaração.

 
O senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), vice-presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da COVID no Senado Federal disse para o presidente trocar os "arroubos autoritários" para cuidar do país. 
 
 
 
A senadora Simone Tebet (MDB-MS) confrontou a justificativa do presidente, que citou o artigo 52 da Constituição Federal, onde trata do crime de responsabilidade. Ela alertou que no mesmo artigo o presidente da República também pode ser julgado pelo mesmo crime.



O senador Alessandro Vieira (Cidadania-SE) classificou os tuítes de Bolsonaro como uma “cortina de fumaça para tentar esconder o mar de crimes comuns e de responsabilidade que o próprio PR [Presidente da República] cometeu”.



O senador Humberto Costa (PT-PE) acusa o presidente de intimidar a Justiça devido à série de denúncias contra o governo.



O deputado federal Rodrigo Maia (sem partido-RJ), ex-presidente da Câmara, chamou Bolsonaro de ditador e o comparou a Hugo Chávez.



receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade