Publicidade

Estado de Minas POLÍTICA

Ciro Gomes: 'Vou a Paris cem vezes se me obrigarem a votar em bandido'

O possível candidato a presidência em 2022, voltou a criticar o ex-presidente Lula, a quem acusou de 'cinismo'


18/06/2021 17:57 - atualizado 18/06/2021 18:47

Ciro Gomes voltou a criticar o PT e o Lula(foto: Youtube/Reprodução)
Ciro Gomes voltou a criticar o PT e o Lula (foto: Youtube/Reprodução)
Em entrevista ao canal do humorista Rafinha Bastos, o possível candidato à presidência em 2022 Ciro Gomes (PDT) reforçou as críticas ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). 

Ao falar sobre as eleições 2018, quando ele era candidato, Ciro afirmou que iria “cem vezes a Paris” caso obrigassem ele a “votar em bandido”.

“Eu não sou obrigado, sou um cidadão que escolhe o candidato pela melhor proposta que ele tem”, disse ainda Ciro.



Para Ciro, Lula está impondo “cinismo aos jovens”, com um ideal de que o Brasil precisa ser governado por “bandidos”.

“O Brasil cresceu, durante meio século, 7% ao ano. O céu é o mesmo, o chão é o mesmo, o povo é o mesmo. Agora cresce zero. Dez anos sem crescer nada: seis com o PT, dois com o Temer, que o PT botou lá, e dois com o Bolsonaro. Isso é uma tragédia”

Ele ainda afirmou que propõe que os brasileiros comecem a denunciar a estratégia de atacar Lula pela falta de projeto. 
 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade