Publicidade

Estado de Minas ISOLAMENTO SOCIAL

Eduardo Bolsonaro elogia Gusttavo Lima: 'resume sentimento do brasileiro'

Segundo o deputado federal, enquanto 'globais' e artistas da MPB querem ver o Brasil destruído, o cantor sertanejo fala 'a língua do povo'


07/06/2021 20:56 - atualizado 07/06/2021 21:44

Deputado federal Eduardo Bolsonaro compartilha postagem elogiando falas do cantor sertanejo Gusttavo Lima (foto: Lula Marques/Divulgacao)
Deputado federal Eduardo Bolsonaro compartilha postagem elogiando falas do cantor sertanejo Gusttavo Lima (foto: Lula Marques/Divulgacao)
O deputado federal por São Paulo e filho do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), Eduardo Bolsonaro (PSL), publicou um vídeo, nesta segunda-feira (7/6), elogiando o cantor sertanejo Gusttavo Lima

 

 


Segundo Eduardo, enquanto ‘globais’ e artistas da MPB querem ver o Brasil destruído, o cantor sertanejo fala a 'língua do povo'. Ele ainda disse que Gusttavo resumiu o sentimento do brasileiro, durante uma entrevista do cantor para o jornalista Léo Dias. 

O deputado compartilhou um trecho da entrevista e recomendou que seus seguidores assistissem na íntegra. 
 
 

Na conversa com o jornalista, o cantor disse que pessoas que precisam sair para trabalhar em meio à pandemia não podem ser criticadas. 


“Se você tem dinheiro, se você tem condição, fica na tua casa. Agora não venha criticar quem precisa buscar o arroz e o feijão, pagar o leite, pagar a escola do seu filho, pagar as despesas da casa e o aluguel.” 

Segundo ele, é necessário 'escolher': o vírus que mata ou a fome, o desemprego e a economia que fica prejudicada. E perguntou. “Quem mata mais?”. Em seguida, o próprio cantor responde: “Os dois.”

"Às vezes, as pessoas que criticam não sabem como é a vida de um pai de família que tem sete filhos. De uma hora para outra precisa parar de trabalhar. Ele não tem sustento, ele não tem renda.”

O cantor ressalta, contudo, que as pessoas que precisam sair para trabalhar devem manter os cuidados preventivos contra a COVID-19. “Devem se cuidar, lógico. Vamos usar máscara, álcool em gel, proteger as pessoas.”

Gusttavo Lima afirma ainda que está entre essas pessoas. “Cara, eu preciso trabalhar! Todo mundo acha que eu sou milionário.”

Isolamento social 


A família Bolsonaro sempre criticou as medidas de isolamento social adotadas por prefeitos e governadores para tentar conter a disseminação da COVID-19. 

Em fevereiro deste ano, Eduardo afirmou que "lockdown só é eficaz para aglomerar". "Ainda não aprenderam com a redução de horário do comércio", escreveu no Twitter.

Já o presidente Jair Bolsonaro chamou de "idiotas" as pessoas que ficam em casa para se proteger da doença, durante encontro com apoiadores em maio.

No pronunciamento feito na semana passada, o presidente criticou, mais uma vez, o isolamento social: “Nosso governo não obrigou ninguém a ficar em casa.”
 
*Estagiária sob supervisão da subeditora Kelen Cristina 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade