Publicidade

Estado de Minas CPI DA BHTRANS

CPI da BHTrans é instalada e convida presidente da empresa para depor

Diogo Prosdocimi foi convidado para depor na próxima quarta-feira (2/6), às 10h


26/05/2021 10:41 - atualizado 26/05/2021 10:57

Diogo Prosdocimi assumiu a BHTrans em janeiro de 2021(foto: Divulgação/Prefeitura de Belo Horizonte)
Diogo Prosdocimi assumiu a BHTrans em janeiro de 2021 (foto: Divulgação/Prefeitura de Belo Horizonte)
A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Empresa de Transportes e Trânsito de Belo Horizonte (BHTrans) foi instalada na manhã desta quarta-feira (26/5) pela Câmara Municipal de BH e já aprovou o convite para um depoimento no próximo encontro. Esta foi a primeira reunião após a sessão inaugural, realizada na última sexta-feira (21/5).

Na reunião desta quarta, um requerimento que convida o presidente da BHTrans, Diogo Prosdocimi, à sessão seguinte, a partir das 10h da próxima quarta-feira (2/6), foi aprovado. O texto, de autoria do vereador Gabriel (Patriota), presidente da CPI, convida Prosdocimi para depor na condição de testemunha para 'apuração de informações gerais sobre a situação da empresa no momento em que assumiu o cargo, os problemas identificados e as alterações promovidas.'

“Para que a gente dê o pontapé inicial aos trabalhos da CPI, acho que nada mais justo que receber o atual presidente da da BHTrans, o senhor Diogo, já na quarta-feira que vem, para que na próxima quarta a gente não tenha apenas a aprovação do plano de trabalho na pauta. Teríamos a aprovação do plano de trabalho e já uma oitiva com o presidente da BHTrans, que eu espero que seja muito parceiro dessa CPI. Ele assumiu a BHTrans há meses, noto nele uma postura de mudança em relação aos outros que presidiram essa empresa e acho que pode colaborar em muitas perguntas com muitos esclarecimentos que todos nós teremos a fazer para ele”, afirmou Gabriel.

O plano de trabalho da comissão também começou a ser traçado pela CPI na sessão desta quarta. Ele será apresentado pelo relator, Reinaldo Gomes Preto Sacolão (MDB), na reunião da próxima quarta. Enquanto ele não estiver pronto, foi acordado entre os parlamentares que nenhum requerimento de membros que não fazem parte da comissão seja aprovado.

Wanderley Porto (Patriota), primeiro signatário do requerimento, Reinaldo Gomes Preto Sacolão, Gabriel, Professor Claudiney Dulim (Avante), Bella Gonçalves (Psol), Braulio Lara (Novo) e Rubão (PP) são os membros titulares da comissão que busca abrir a 'caixa preta' da BHTrans.

Fernando Luiz (PSD), Professora Marli (PP), Henrique Braga (PSDB), Leo (PSL), Macaé Evaristo (PT), Fernanda Pereira Altoé (Novo) e Wilsinho da Tabu (PP) são os membros suplentes da CPI. A comissão acontecerá todas às quartas-feiras e de forma semipresencial, por conta da pandemia de COVID-19.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade