Publicidade

Estado de Minas

Bolsonaro: 'Se falar cloroquina é crime, falar em maconha é legal'

Bolsonaro chegou a esse tema após uma pessoa criticar o Projeto de Lei 399, que busca aumentar a acessibilidade aos medicamentos à base de Cannabis


14/05/2021 23:22

Presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou recentemente que tem um decreto pronto para 'garantir a livre circulação no país' (foto: Agência Brasil)
Presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou recentemente que tem um decreto pronto para 'garantir a livre circulação no país' (foto: Agência Brasil)
O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) disse a apoiadores, nesta sexta-feira (14/05), que ‘falar em cloroquina no país é crime, mas não há problema em falar sobre maconha’. Bolsonaro chegou a esse tema após uma pessoa criticar o Projeto de Lei 399, que busca aumentar a acessibilidade aos medicamentos à base de Cannabis, autorizando o plantio regulado. 
 
“Engraçado, né? Se falar cloroquina é crime, falar em maconha é legal. Jesus também não pode falar, não pode falar em Jesus também não”, disse. O vídeo foi publicado por um canal que apoia o presidente da República.
 
Também nesta sexta, Bolsonaro  afirmou que 'já deu o recado' e que daqui pra frente vai agir. Um grupo de bolsonaristas se queixou com o presidente sobre as medidas restritivas de prefeitos e governadores. Em seguida, Bolsonaro responde:
 
“Eu não fechei nada. O meu Exército só vai para a rua para manter a liberdade de vocês. Jamais para manter dentro de casa. Eu respondo pelos meus atos. Agora, se governadores e prefeitos estão na contramão… Pessoal, já dei o recado que eu tinha que dar, daqui pra frente eu vou agir, tá ok?”, disse a apoiadores.

Ao lado, é possível ver o senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ), filho do presidente.

Recentemente, Bolsonaro afirmou que um decreto “para garantir a livre circulação no país” está pronto. O ato seria uma forma de derrubar as medidas restritivas adotadas por estados e municípios no enfrentamento da pandemia do coronavírus – ações tomadas com explícita autorização do Supremo Tribunal Federal (STF).


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade