Publicidade

Estado de Minas ATENTADO

'Polícia Federal vai chegar aos mandantes', afirma Bolsonaro sobre facada

Presidente sofreu ataque durante a campanha de 2018, em Juiz de Fora; duas apurações da Polícia Federal concluíram que Adélio Bispo agiu sozinho


14/05/2021 16:00

Bolsonaro sofreu um atentado durante a campanha presidencial, em 2018(foto: Raysa Leite/AFP - 6/9/18)
Bolsonaro sofreu um atentado durante a campanha presidencial, em 2018 (foto: Raysa Leite/AFP - 6/9/18)
O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta sexta-feira (14/5) ter certeza de que a Polícia Federal chegará aos mandantes da facada na barriga que sofreu em Juiz de Fora, em setembro de 2018, quando ainda era candidato. Declaração foi feita durante evento em Mato Grosso do Sul. Ele relatou ainda que "deram azar" por ele ter sobrevivido.

"No meio do caminho, como era diferente dos demais, muito diferente, a campanha foi crescendo sozinha, depois, algumas pessoas chegaram, aconteceu aquela facada. Deram azar. Se Deus quiser, a nossa Polícia Federal vai chegar no final da linha de quem são os mandantes desse crime", apontou.

Até hoje, Bolsonaro se queixa de a investigação não ter chegado ao responsável por tramar o atentado. Segundo ele, é impossível que Adélio Bispo, autor da facada, tenha agido sozinho, a despeito de o inquérito final da Polícia Federal ter concluído exatamente isso.

Foram abertos dois inquéritos. De acordo com um segundo inquérito da corporação, Adélio foi "o responsável pelo planejamento da ação criminosa e sua execução, não contando, a qualquer tempo, com o apoio de terceiros".

Em setembro de 2018, o delegado Rodrigo Morais Fernandes já havia constatado que Adélio havia agido sem a ajuda de terceiros. "Ficou claro ali que o motivo realmente era o inconformismo político do senhor Adélio, em razão de discordar com algumas opiniões políticas e alguns discursos que o candidato defendia. Chegamos à conclusão de que naquele dia, naquele momento, o senhor Adélio teria agido sozinho, não contou com a participação de ninguém", afirmou à época.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade