Publicidade

Estado de Minas POLÍTICA

PT responde ataques de Ciro: 'Pra quê isso? Você fez parte do governo Lula'

No vídeo publicado pelo político, que já sinalizou que vai participar das eleições de 2022, Ciro diz que o governo Lula deu pouco aos pobres e muito aos ricos


03/05/2021 18:07 - atualizado 03/05/2021 18:39

Ciro Gomes foi ministro da Integração Nacional no primeiro mandato de Lula(foto: Redes sociais/Reprodução)
Ciro Gomes foi ministro da Integração Nacional no primeiro mandato de Lula (foto: Redes sociais/Reprodução)

Após o ex-ministro Ciro Gomes (PDT) utilizar as redes sociais para publicar um vídeo falando mal do governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), o Partido dos Trabalhadores respondeu o político sobre sua participação no governo Lula.

Leia: Ciro Gomes sobre Lula em 2022: "Não contem comigo para esse circo"

“Eu gostaria que você tivesse paciência de escutar coisas que não está acostumado. Uma delas: o governo Lula deu pouco aos pobres e muito aos ricos. #VerdadesobreLula”, escreveu Ciro. 

No vídeo publicado pelo político (veja abaixo), que já sinalizou que vai participar das eleições presidenciais de 2022, Ciro diz que o Brasil estava pouco acostumado com ações políticas voltadas aos pobres e por isso acolheu Lula.

“Não esperavam que um governo de esquerda fosse dar mais para os ricos”, pontuou.

Em resposta, o PT de São Paulo brincou com o político de forma irônica. “Pra quê isso, Ciro? Você fez parte do governo Lula, foi ministro.”



Ciro foi ministro da Integração Nacional sob o comando de Lula. 
Nos últimos meses, o político se mostrou contra as posições do ex-presidente. 

Caminho a 2022

No último mês, o Supremo Tribunal Federal (STF) confirmou a anulação de todas as condenações do ex-presidente Lula pela Justiça Federal no Paraná relacionadas às investigações da Operação Lava-Jato. Com a decisão, o ex-presidente recuperou os direitos políticos e voltou a ser elegível.

Lula também já sinalizou que gostaria de concorrer às eleições presidenciais de 2022.

Com isso, para se tornar presidente, Ciro Gomes terá de derrotar não só Jair Bolsonaro, atual presidente do Brasil, mas também Lula.

LEIA TAMBÉM:
 Ciro critica PT veladamente, ataca Bolsonaro e prega desenvolvimentismo
 
Caso realmente decida participar do pleito, essa será a quarta vez que Ciro Gomes concorrerá ao cargo de presdente da República. 

A primeira foi em 1998, a segunda passados quatro anos, em 2002 – em ambas as ocasiões pelo PPS (Partido Popular Socialista).

Nas duas, não passou do primeiro turno. E, apesar dos quase 10 milhões de votos que conseguiu em 2002, não passou do quarto lugar. 

Em 2018, ele foi o candidato do Partido Democrático Trabalhista (PDT) ao Palácio do Planalto. Teve 13.344.371 votos e alcançou o terceiro lugar.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade