Publicidade

Estado de Minas COLAPSO

Após dois dias de espera, deputado bolsonarista consegue leito de UTI em BH

Na Assembleia Legislativa desde 2019, Coronel Sandro, do PSL, testou positivo para a COVID-19 na sexta-feira (26/3)


29/03/2021 16:39 - atualizado 29/03/2021 18:47

Coronel Sandro, do PSL, é um dos mais fiéis aliados de Jair Bolsonaro em solo mineiro(foto: Juarez Rodrigues/EM/D.A Press)
Coronel Sandro, do PSL, é um dos mais fiéis aliados de Jair Bolsonaro em solo mineiro (foto: Juarez Rodrigues/EM/D.A Press)
Infectado pelo novo coronavírus, o deputado estadual mineiro Coronel Sandro (PSL) conseguiu ser transferido para uma unidade de terapia intensiva (UTI) após dois dias de espera. Ele foi encaminhado ao novo leito nesse domingo (28/3). Partidário do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), o parlamentar está internado no Hospital Mater Dei, na Região Centro-Sul de Belo Horizonte.

A transferência de Coronel Sandro foi confirmada por ele nesta segunda-feira (29), pelas redes sociais. “Apesar de estar na UTI, me sinto muito melhor”, escreveu. O deputado estadual foi diagnosticado com a infecção na sexta (26/3).

Bolsonarista, Sandro defende o chamado "tratamento precoce" por meio do “kit COVID-19”, composto por medicamentos como hidroxicloroquina, ivermectina e azitromicina, substâncias sem eficácia comprovada para barrar o vírus e que podem causar graves efeitos colaterais.

Na semana passada, o deputado chegou a prometer transmitir, ao vivo, conversa com a médica Raíssa Soares, uma das entusiastas do protocolo de Bolsonaro.

Em fevereiro, Coronel Sandro assinou requerimento pedindo audiência para debater a implementação do “kit COVID-19”.

Por diversas vezes, o pesselista questionou medidas de isolamento social recomendadas por autoridades. Durante reunião plenária da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) em maio do ano passado, o deputado pediu um minuto de silêncio “por todas as pessoas que morreram em decorrência da fome provocada pelo desemprego em virtude do lockdown”.

Ao ser questionado sobre o número de vítimas, não soube responder.

Nesta segunda, o deputado solicitou orações a apoiadores. “Primeiramente, agradeço a Deus por mais este dia de vida e agradeço também a todos vocês que emanaram pensamentos positivos e orações para que o meu estado de saúde melhorasse. Tem surtido efeito”, afirmou.

Ex-deputado também esperou por leito 


Ivair Nogueira (MDB), integrante da Assembleia de Minas entre 1995 e 2019, também teve de esperar pela vacância de leitos. Ao ser internado no Hospital Madre Teresa, na capital mineira, nas primeiras horas de sexta, ele precisou aguardar no corredor a liberação de vaga de enfermaria.

Depois de passar por um dos apartamentos do hospital, Ivair, que já dirigiu Betim, foi encaminhado a uma UTI.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade