Publicidade

Estado de Minas BOLSONARISTA

Juiz de audiência de custódia mantém prisão do deputado Daniel Silveira

Deputado federal, preso na terça-feira após publicar vídeo com ataques a ministros do STF, será transferido para o Batalhão da Polícia Militar do Rio de Janeiro


18/02/2021 17:05

Daniel Silveira foi preso por ordem do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moares(foto: Pablo Valadares/Câmara dos Deputados)
Daniel Silveira foi preso por ordem do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moares (foto: Pablo Valadares/Câmara dos Deputados)
O juiz Aírton Vieira, que realizou a audiência de custódia do deputado federal Daniel Silveira (PSL-RJ) nesta quinta-feira (18/2), manteve a prisão do parlamentar. O magistrado determinou que ele seja transferido para o Batalhão da Polícia Militar do Rio de Janeiro (PM-RJ), que tem mais condições carcerárias.

Silveira foi preso em flagrante na última terça-feira (16) pela Polícia Federal, por ordem do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moares depois de divulgar vídeo ofendendo os ministros da Corte e dizendo que os imaginava sendo agredidos na rua.

A decisão de Moares foi confirmada por unanimidade no plenário da Corte na última quarta-feira.

A prisão foi no âmbito do inquérito das fake news, que apura informações falsas e ofensas a ministros do STF.

Ainda na quarta-feira, a Procuradoria-Geral da República (PGR) denunciou o parlamentar no âmbito do inquérito que apura financiamento e organização de atos antidemocráticos sob a acusação de agressões verbais e graves ameaças contra ministros do STF para favorecer interesse próprio.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade