Publicidade

Estado de Minas CÂMARA DOS DEPUTADOS

Flordelis festeja vitória de Arthur Lira: ''Agora a Câmara terá voz''

Deputada federal é apontada como mandante do assassinato do próprio marido, o pastor Anderson; Lira foi eleito presidente da Câmara dos Deputados nessa segunda


02/02/2021 14:57 - atualizado 02/02/2021 15:36

Flordelis foi ao Twitter e ao Instagram falar sobre a vitória de Arthur Lira (foto: Redes Sociais/Reprodução)
Flordelis foi ao Twitter e ao Instagram falar sobre a vitória de Arthur Lira (foto: Redes Sociais/Reprodução)
A deputada federal Flordelis (PSD-RJ), apontada como mandante do assassinato  do marido, o pastor Anderson, usou as redes sociais nesta terça-feira (02/02) para comemorar a vitória do novo presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL).

“Chegou o momento de avançar, momento de colocarmos e votarmos pautas que conduzirão o Brasil a dias melhores. Minha felicidade em participar desse momento e ter apoiado desde o início o novo presidente que nesse momento discursa em sua posse. Agora a Câmara terá voz”, escreveu. 
 
 
 
Segundo Flordelis, a expectativa é de “muita esperança e muito trabalho”.

 “Abordaremos temas que empoderem as mulheres, que cuidem da primeira infância e temas sociais relevantes ao meu estado do Rio de Janeiro.”


Caso Flordelis

Flordelis é acusada de ser mandante do assassinato de Anderson(foto: Redes Sociais/Reprodução)
Flordelis é acusada de ser mandante do assassinato de Anderson (foto: Redes Sociais/Reprodução)
Anderson do Carmo foi executado com mais de 30 tiros na porta da casa do casal em Pendotiba, Niterói (RJ). Na época do assassinato, a deputada federal afirmou que se tratava de um assalto. A investigação conduzida pelo  Ministério Público e pela Polícia Civil, porém, não demorou muito para encontrar divergências nos depoimentos, além de outras evidências.

De acordo com a investigação, a família tentou esconder as evidências dos crimes chegando até mesmo fazer uma fogueira no quintal da casa para destruir provas. Os policiais acreditam que  Flordelis tentou assassinar o pastor pelo menos seis vezes por envenenamento, além de contratar pistoleiros em outras duas vezes. 


No início do ano, a Procuradoria de Justiça deu parecer favorável para afastar a deputada do cargo de parlamentar, enquanto durar a primeira fase do processo criminal.
 

Eleição


O deputado Arthur Lira se elegeu, na segunda-feira (1º/2), como novo presidente da Câmara dos Deputados pelos próximos dois anos.

O candidato, que era o preferido do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), levou a melhor diante de Baleia Rossi (MDB-SP), parlamentar que era apoiado pelo agora ex-presidente da Casa, Rodrigo Maia (DEM-RJ).

Arthur Lira teve 302 votos, contra 145 de Baleia Rossi. Em terceiro lugar ficou Fábio Ramalho (MDB-MG), com 21 votos. Ao todo, 504 deputados votaram. 
 
*Estagiária sob supervisão da editora-assistente Vera Schmitz 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade