Publicidade

Estado de Minas POLÍTICA

Secretário-geral de Minas tira férias para participar de equipe de transição na Prefeitura de Joinville

Adriano Silva (Novo) convidou Mateus Simões para integrar equipe de transição da Prefeitura de Joinville


29/11/2020 22:08 - atualizado 29/11/2020 22:51

Mateus Simões é um dos principais aliados de Romeu Zema(foto: Gil Leonardi/Governo de Minas)
Mateus Simões é um dos principais aliados de Romeu Zema (foto: Gil Leonardi/Governo de Minas)
Único prefeito eleito do Novo nas eleições municipais deste ano, Adriano Silva (Novo) terá ajuda mineira na equipe de transição da Prefeitura de Joinville, cidade catarinense que governará a partir de 2021. O futuro chefe do Executivo joinvilense terá Mateus Simões, secretário-geral do Governo de Minas, como coordenador dessa transição.

Apesar disso, Simões seguirá no Governo de Minas. Isso porque ele vai tirar férias no Executivo estadual para trabalhar com Adriano Silva, que tratará da transição com Udo Döhler (MDB), atual prefeito de Joinville. Em contato com o Estado de Minas, o secretário-geral mineiro explicou como se deu o convite e por quanto tempo ficará na maior cidade de Santa Catarina.

“Eles conversaram com o governador (Romeu Zema), depois conversaram comigo. Vou tirar férias no governo. Devo ficar cerca de um mês, mas venho para Belo Horizonte nesse meio tempo, vou suspender um pedaços dessas férias para poder participar de uma audiência da Vale, no dia 9. Fora isso, ficarei o mês todo lá (Joinville)”, disse.

Zema esteve com Adriano e a vice Rejane Gambin durante campanha em 20 de novembro(foto: Reprodução/Twitter Romeu Zema)
Zema esteve com Adriano e a vice Rejane Gambin durante campanha em 20 de novembro (foto: Reprodução/Twitter Romeu Zema)
Mateus Simões também falou sobre como será a atuação na Prefeitura de Joinville. “Vou ajudá-los na montagem de equipe, participar na equipe de transição mesmo. Será para atuar na coordenação da transição”.

Atual secretário-geral do Governo de Minas, Simões é tido como forte aliado de Romeu Zema (Novo), governador mineiro. Ele ocupa o posto no Executivo desde março deste ano, quando Igor Eto deixou o cargo para se tornar secretário de Estado.

Antes, Mateus Simões atuava como vereador de Belo Horizonte, filiado ao Partido Novo. O advogado teve 5.522 dos votos em 2016, quando venceu as eleições municipais e conseguiu o direito de assumir uma cadeira na Câmara Municipal da capital mineira. Dr. Bernardo Ramos (Novo) o substituiu no Legislativo belo-horizontino.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade