Publicidade

Estado de Minas PROPOSTAS DE CAMPANHA

Eleições 2020: Na educação em Uberaba, Tony destaca preocupação com alunos e Elisa, com professores

Candidatoquer implantar Programa Um Computador por Aluno; candidata ressalta equiparar Piso Salarial dos servidores municipais com o Nacional


26/11/2020 06:51 - atualizado 26/11/2020 07:22

No primeiro turno Elisa Araújo ficou em primeiro lugar com 36,25% dos votos, e Tony ficou em segundo, com 24,99%.(foto: Divulgação/Redes Sociais)
No primeiro turno Elisa Araújo ficou em primeiro lugar com 36,25% dos votos, e Tony ficou em segundo, com 24,99%. (foto: Divulgação/Redes Sociais)
Em Uberaba, no Triângulo Mineiro, enquanto o plano de governo do candidato a prefeito Tony Carlos (PTB) na área da Educação destaca o programa Um Computador por Aluno, o da candidata Elisa Araújo (Solidariedade) quer, inicialmente, trabalhar para equiparar o Piso Salarial dos servidores municipais de acordo com a Lei Federal de Pagamento do Piso Nacional da Educação. Eles vão disputar o segundo turno no próximo domingo (29-11).
 
O candidato a vice-prefeito de Elisa, Moacyr Lopes, disse que, se eleitos, eles vão trabalhar para que a partir de 2022 a Prefeitura Municipal consiga pagar o piso salarial aos professores. “Sabemos que em 2021 o orçamento vai estar ‘engessado’”, considerou Moacyr Lopes que frisou que o maior problema atualmente na educação de Uberaba é a falta da valorização adequada do professor. “O único agente transformador da educação é o professor”, destacou.
  
Além disso, entre as primeiras ações do plano de governo de Eliza para a educação estão a elaboração de um estudo de zoneamento e levantamento de necessidade de construção de mais escolas; modernizar o Registro de documentos com a digitalização dos processos; unificar dados em um formulário digital que atenda todos os departamentos da Secretaria Municipal de Educação (Semed) e das unidades escolares e fortalecer e ampliar a inclusão digital para alunos, professores e servidores.

Programa Um Computador por Aluno


O candidato Tony Carlos tem em seu plano de governo como prioridade na área da Educação trabalhar para que cada aluno da rede municipal tenha o seu computador, ou seja, quer implementar o Programa Um Computador por Aluno. “Destaco também inclusão digital nas escolas municipais. Queremos viabilizar o projeto de integração eletrônica entre todas as unidades do sistema de ensino, proporcionando a eliminação de papéis e informações dúbias, errôneas e desencontradas. Também quero informatizar as escolas públicas municipais, Biblioteca Municipal, CREI, CEMEA Boa Vista, Praça Céu, Polo UAB e Casa do Educador, entre outras ações”, declarou Tony Carlos.

Com relação aos professores, a prioridade do plano de governo de Tony é renovar os contratos dos professores para que o ensino não seja interrompido e sim ampliado, inclusive pagando os excedentes. “Iremos trabalhar a questão orçamentária e priorizar os gastos, cortando os desnecessários e ampliando os que são prioritários e a oferta de vagas na educação será um deles. Uberaba enfrenta alguns desafios na área da educação, dentre eles podemos destacar a oferta de vagas, seja na educação em tempo integral seja nas outras esferas de responsabilidade do município. Acreditamos que no pós-pandemia esse problema de oferta de vagas vai se agravar, e estamos preparados para enfrentar estes desafios junto como os profissionais da educação que serão valorizados no nosso governo”, finalizou Tony Carlos. 
 
Segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), no primeiro turno Elisa Araújo ficou em primeiro lugar com 36,25% dos votos, e Tony ficou em segundo, com 24,99%.

 
Os candidatos

 
 Elisa Araújo tem 38 anos, é formada em Arquitetura e Urbanismo e especialista em gestão de negócios. Ela atua no setor industrial e foi a primeira mulher a assumir a presidência da Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg) - Regional Vale do Rio Grande. Seu vice é Moacyr Lopes (Solidariedade).
 
 Tony Carlos tem 54 anos e é jornalista e empresário. Já foi vereador de Uberaba por seis mandatos e deputado estadual por dois mandatos na Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG). Sua vice é Teresinha Cartafina (PSDB).


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade