Publicidade

Estado de Minas SAÚDE

Eleições 2020: em Contagem, candidatos focam em garantir vacinação contra COVID-19

Na briga do segundo turno, Marília Campos (PT) e Felipe Saliba (DEM) afirmam que farão tratativas com governos para garantir a imunização da população e expandir o atendimento na rede pública de saúde


25/11/2020 08:42 - atualizado 25/11/2020 15:08

O Hospital Municipal de Contagem é o único da cidade para atender aos quase 700 mil habitantes(foto: PMC/Divulgação)
O Hospital Municipal de Contagem é o único da cidade para atender aos quase 700 mil habitantes (foto: PMC/Divulgação)
Contagem, cidade localizada na Região Metropolitana de Belo Horizonte, já apresenta mais de 10,8 mil casos confirmados de COVID-19 e 446 mortes em decorrência da doença, segundo dados do último boletim epidemiológico, emitido nesta segunda-feira (23).

Com risco de ter uma segunda onda, a pandemia vai se alastrar por 2021. Na briga pela Prefeitura, Marília Campos (PT) e Felipe Saliba (DEM) terão que combater o coronavírus logo no primeiro ano de governo.
 
Somente entre os dias 1º e 23 deste mês, a cidade registrou 685 novos casos positivos da doença, assim como 28 mortes por coronavírus. Em todo mês de outubro, Contagem anotou mais 991 casos confirmados de COVID-19 e 48 óbitos.

Marília, em seu programa de governo, garante que vai assegurar a vacinação para toda a população de Contagem. Pretende ainda ampliar a oferta de leitos hospitalares na rede conveniada do Sistema Único de Saúde (SUS). 

Além disso, afirma que irá construir novas Unidades Básicas de Saúde (UBS), de maior porte, para expandir o atendimento médico na cidade, assim como implantar equipes completas nessas unidades. A candidata do PT também promete a construção de duas novas Unidades de Pronto Atendimento (UPA), nos bairros Nacional e Industrial.

Para aquelas pessoas que têm maior dificuldade de locomoção, a ex-prefeita contagense pretende ampliar o programa de Atenção Domiciliar, visando o atendimento de pacientes clínicos em domicílio, com a implantação do projeto de cuidadores e visitadores domiciliares.

Felipe Saliba afirma que a atual administração não tem conduzido a pandemia de forma eficiente. Para o candidato democrata, a Prefeitura tem sido “omissa, sem transparência, sem criação de ações efetivas para minimizar os impactos da doença”. 

Ele pretende valorizar os profissionais de saúde e, em parceria com os governos estadual e federal, garantir o acesso rápido à vacina. Saliba afirma que a rede de Saúde precisa ser fortalecida e, para isso, quer construir um hospital regional em Nova Contagem, para garantir o atendimento dos quase 700 mil cidadãos, que possuem apenas um hospital no município.

Para o democrata, uma das principais ações na Saúde será a revisão de contratos para verificar atuais. Saliba garante que os recursos utilizados no setor são mal administrados e que é preciso “acabar com desvios, gastos inapropriados e investir dinheiro naquilo que é efetivo para melhorar a saúde e a qualidade de vida da população”.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade