Publicidade

Estado de Minas ELEIÇÕES 2020

Kalil quer ampliar serviços de bancas de jornais e revistas em BH

Prefeito busca transformar esses estabelecimentos em espaços comerciais amplos


30/10/2020 14:11 - atualizado 30/10/2020 14:29

Kalil se reuniu com jornaleiros nesta sexta e apresentou novas propostas a eles(foto: Gladyston Rodrigues/EM/D. A. Press)
Kalil se reuniu com jornaleiros nesta sexta e apresentou novas propostas a eles (foto: Gladyston Rodrigues/EM/D. A. Press)
Em evento no comitê de campanha, no Centro de Belo Horizonte, na tarde desta sexta-feira, o prefeito da cidade e candidato à reeleição nas eleições municipais deste ano, Alexandre Kalil (PSD), mostrou estar disposto a alterar os serviços prestados por bancas de jornais e revistas. Segundo o chefe do Executivo, já houve um avanço em relação à gestão anterior, de Márcio Lacerda (PSB), de 2013 a 2016.

“Nós regularizamos, era uma baderna geral. E teremos que agora fazer um estudo junto com eles. Sabemos que o papel está em extinção, então temos que ir andando para que eles não fechem, para que o papel não vire um fax. Não pode virar um fax, um telex. Então, vamos ter que trazer para nós ideias, para que continuem sobrevivendo”, disse Kalil, depois de reunião com jornaleiros e donos de banca da cidade.

Secretária de Desenvolvimento Urbano de BH, Maria Fernandes Caldas pensa em usar o espaço de diversas maneiras. Segundo ela, a Prefeitura de BH planeja enviar um Projeto de Lei à Câmara Municipal que amplie os serviços de bancas e jornais.

“A ideia é que a gente possa ampliar, desburocratizar, facilitar. A licença passaria a ser de cinco em cinco anos, não ter que ir lá todo ano renovar, fazer essa burocracia. Isso facilita muito a vida, pois há dificuldade para fazer o licenciamento anual. Também encaminhar um Projeto de Lei para alterar os usos possíveis nas bancas, a tendência é que usem o espaço da banca para outras coisas, como floricultura, salão de beleza, enfim, tratar o espaço da banca como espaço comercial”, disse.

Kalil, por fim, exaltou o trabalho feito pela prefeitura nos últimos anos, em que ele esteve à frente do Executivo. “Foi uma classe completamente abandonada, esquecida pela prefeitura. Nós entramos, e não deu trabalho nenhum. Começamos a tratar gente que nem gente, igual disse a eles, não é gato, passarinho, nem cachorro, todo mundo é gente, e tratamos uma classe como gente. Para continuar esse trabalho tão importante, essa gente que a gente precisa tanto, e usa tanto, que são os jornaleiros, ou conhecidos como bancas de jornais”.
 

Primeiro turno de votação nas eleições 2020 será em 15 novembro. Confira nosso guia
Primeiro turno de votação nas eleições 2020 será em 15 novembro. Confira nosso guia

Eleições 2020: como votar, datas e horários

O primeiro turno das eleições 2020 será em 15 de novembro e, caso seja necessário no seu município, o segundo turno será realizado em 29 de novembro de 2020. Nestas eleições, o horário de votação é das 7h às 17h. O horário entre 7h e 10h é preferencial para maiores de 60 anos.

Com as novas medidas diante da pandemia do coronavírus, preparamos um guia com tudo que você precisa saber para votar nas eleições 2020.

O que muda nas eleições 2020?

Muitas mudanças foram feitas pela Justiça Eleitoral para os candidatos a prefeito e vereador durante o período eleitoral de 2020. Além disso, os eleitores também terão de se adaptar às novas normas para os dias de votação, como a abertura antecipada das seções eleitorais e as regras de higiene que o Tribunal Superior Eleitoral (TSE).  


Como justificar o voto nas eleições 2020?

Os eleitores poderão optar por justificar o voto de três formas: 
  • No dia das eleições: o eleitor que estiver fora de sua cidade pode justificar a ausência em qualquer local de votação, das 7h às 17h. O eleitor deverá ter o número do título, um documento oficial de identificação e o formulário de justificativa preenchido.

  • Depois das eleições: preenchendo o formulário de justificativa em qualquer cartório eleitoral ou posto de atendimento ao eleitor em até 60 dias após a votação.

  • A justificativa também poderá ser feita no aplicativo e-Título.

Eleições 2020 em Belo Horizonte

Na capital mineira, 15 candidatos disputam as eleições para prefeito. Conheça quem são os candidatos e o perfil de cada na corrida rumo à Prefeitura de Belo Horizonte (PBH). Já para vereador, Belo Horizonte conta com mais de 1,5 mil candidatos. Alguns apostaram em apelidos e codinomes bem inusitados para conseguir votos.



Para acompanhar a cobertura completa das eleições em BH, acesse nosso especial

Para saber mais sobre as Eleições 2020 em Minas Gerais, leia também a cobertura completa das eleições na Grande BH e nas regiões Centro-OesteLesteNorteSul de MinasTriângulo Mineiro e Zona da Mata.



receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade