Publicidade

Estado de Minas APRESENTADOR

Luciano Huck é alvo de polêmica após posar para foto com Robinho e senador preso com dinheiro na cueca

Com 13 milhões de seguidores no Twitter, apresentador global está entre os nomes cotados para a disputa de 2022


16/10/2020 18:43 - atualizado 16/10/2020 19:11

Foto de Luciano Huck ao lado de Robinho é antiga(foto: Reprodução/Redes Sociais)
Foto de Luciano Huck ao lado de Robinho é antiga (foto: Reprodução/Redes Sociais)

O apresentador Luciano Huck, cotado como pré-candidato à Presidência nas eleições de 2022, apagou uma foto que tinha ao lado do jogador Robinhocondenado em primeira instância por estupro na Itália. A atitude de Huck acabou gerando uma polêmica nas redes sociais. Isso porque, o comunicador já posou ao lado de vários políticos e empresários. 

O nome de Luciano está entre os assuntos mais falados no Twitter.

Depois da polêmica, foram divulgadas fotos do apresentador ao lado do ex-presidente FHC, o ex-ministro da Justiça Sérgio Moro, o deputado federal Aécio Neves (PSDB-MG) e com o senador Chico Rodrigues (DEM-RR), líder do governo Bolsonaro na Senado, flagrado esta semana com R$ 30 mil em dinheiro vivo na cueca.

Além dos políticos, Huck também posou com o empresário Joesley Batista, envolvido em escândalos de corrupção, e Junior Durski, bolsonarista dono da rede de fast-food Madero.

Ao longo do ano, Huck vem usando as redes para fazer críticas ao governo. Durante a pandemia, ele já afirmou que o governo bolsonarista "sonega informações aos cidadãos e comete crime" e chamou o presidente de ineficiente e autoritário.

Com 13 milhões de seguidores no Twitter, Luciano Huck está entre os nomes cotados para a disputa de 2022.

Confira a repercussão:







*Estagiária sob supervisão do subeditor Frederico Teixeira


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade